Lançado em 2013, o superesportivo híbrido Porsche 918 Spyder passa pelo seu terceiro recall. Desta vez, o problema envolve os cintos de segurança, que podem não funcionar corretamente em caso de colisão. O recall inclui todos os exemplares do modelo comercializados nos Estados Unidos.

De acordo com o comunicado oficial da filial norte-americana da marca, houve um erro no catálogo de peças da Porsche, indicando de forma errada o ponto de fixação de alguns parafusos. Com isso, os responsáveis pela montagem do 918 Spyder podem ter instalado parafusos diferentes no sistema.

O recall consiste em fazer uma verificação nos parafusos utilizados. Caso seja constato erros, novas peças serão instaladas para corrigir a falha.

O primeiro recall do 918 Spyder foi em 2014 e estava relacionado a problemas no chassi, enquanto o segundo em 2015 relatava uma possível falha elétrica na ventoinha do radiador.

Fotos: Divulgação