Os guardas do Parque Nacional de Yellowstone, nos Estados Unidos, precisaram sacrificar um filhote de bisão depois que dois turistas carregaram o animal em um SUV alugado. Pai e filho pensaram que o animal estavam com frio e o levaram para a estação local, de acordo com o site East Idaho News. A história se tornou viral e forçou as autoridades a emitirem declarações sobre o ocorrido.

O homem foi multado e forçado a devolver o animal. No entanto, o rebanho dos bisões recusou-se a aceitá-lo de volta. Segundo a publicação no Facebook oficial do parque, o filhote precisou ser sacrificado, pois estava se aproximando de maneira perigosa de pessoas e carros ao longo da estrada.

O resultado foi uma revolta por conta do sacrifício, levando o parque a se explicar novamente. De acordo com as autoridades, o bisão pode transmitir ao homem a brucelose, uma infecção provocada por uma bactéria. Segundo a direção de Yellowstone, os bisões são responsáveis por um alto número de ataques a outras espécies de animais devido o seu comportamento territorialista.