O controle eletrônico de estabilidade entrou no centro das discussões sobre segurança automotiva no Brasil. O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) determinou que o dispositivo será obrigatório nos carros novos vendidos no país até 2022, com a inserção em duas etapas. O sistema trará mais segurança aos veículos comercializados por aqui, uma vez que, de acordo com o Cesvi, ele ainda é privilégio de modelos de segmentos superiores e mais caros.

A partir deste ano, o Latin NCAP só classificará carros com cinco estrelas se eles contarem com o recurso. Conhecido mundialmente pela sigla ESC (Eletronic Stability Control ou controle eletrônico de estabilidade, em inglês), o item evita que o condutor perca o controle do carro em situações de risco, como curvas fechadas, desvios bruscos de rota e pisos escorregadios. De acordo com o IIHS, instituto que avalia a segurança viária nos Estados Unidos, o controle de estabilidade é capaz de reduzir em 43% os acidentes fatais.

No Brasil, a tecnologia ainda não é tão popular, mas já existe um número razoável de veículos equipados com ela. Confira na galeria abaixo os 10 carros mais acessíveis à venda no país equipados com o Controle Eletrônico de Estabilidade:

Fotos: Divulgação