A Ford do Brasil iniciou a exportação do novo Ka para o mercado argentino. Por enquanto, o modelo está disponível somente na configuração hatchback, nas versões S, SE e SEL, equipadas apenas com o motor Sigma 1.5 (movido apenas a gasolina) de 105 cv e câmbio manual de cinco marchas.

A Argentina é mais um mercado onde o compacto global, desenvolvido no Brasil, será comercializado – além da Ásia e, posteriormente, a Europa.

Todas as versões são equipadas de série com ar-condicionado, vidros dianteiros e travas com acionamento elétrico. As configurações SE e SEL adicionam o sistema SYNC com comandos de voz e tela de 3.5 polegadas, além de volante multifuncional. A variante de entrada S conta com o MyFord Dock, compartimento com tampa ajustável para fixação do smartphone no painel.

Entre os itens de segurança, o Ka possui airbags frontais, freios com ABS (antitravamento) e distribuição eletrônica de frenagem (EBD), sistema Isofix para cadeiras infantis e alerta de uso do cinto de segurança do motorista. A versão SEL conta ainda com assistente de frenagem de emergência, controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa e alarme volumétrico.

Para o mercado argentino, o Ka chega com preços sugeridos entre 208.700 pesos (o equivalente a R$ 50.934 em conversão direta) para a variante S e 246.600 (R$ 60.183) na versão mais completa SEL. A opção intermediária custa 225.600 pesos (R$ 55.058). O compacto também já foi confirmado na Europa.

Fotos: Divulgação