09/05/2008 | 10:58
Canal de Avaliação

Citroën Grand C4 Picasso

Monovolume de sete lugares chega por R$ 89.800

Autor: Rodrigo Leite/Foto: Divulgação
  • Facebook Facebook
  • Twitter Twitter
  • Myspace Myspace
  • Orkut Orkut
  • Bookmarks Bookmarks
Página: Citroën Grand C4 Picasso
Nome Amigo:
E-mail Amigo:
Para enviar para mais de uma pessoa, separe os e-mail por ponto e vírgula
Seu Nome:
Seu Email:
Comentários:
Grandeespaçosa e com uma vista impressionante. Não estamos falando de uma casa à beira-mar ou de um vale escondido entre montanhas; e sim de um carro. O Grand C4 Picassolançamento da Citröen que chegou este mês às lojas na versão única Exclusivepromete revolucionar uma série de aspectos que estamos acostumados a ver em um veículo. A começar pela área envidraçada: seu pára-brisa só é menor do que o normalmente é visto em carros-conceito e permite até 70º de visibilidadecontra 35º de um pára-brisa de um monovolume comum. E a minivan de sete lugares chega com preço base de R$ 89.800tendo como único opcional o teto panorâmico – que faz o preço saltar para R$ 93.800 – e amplia ainda mais a área transparente desta “vitrine” sobre rodas. Vale lembrar que o Grand C4 Picasso não veio para tirar mercado do Xsara Picasso e simcomplementar a gama de produtos da marca no Paíscom muito luxo.

Completíssimoele é um dos únicos carros que oferece atrativos como quatro zonas de resfriamentocordões de luz indireta em locais estratégicos da cabinepara criar um ambiente intimistae sistema que auxilia o motorista a estacionarmedindo o espaço disponível na vaga. Há também freio de estacionamento automáticosete airbags e inúmeros porta-trecos. Ou sejapara quem precisa carregar a família com extremo do confortovale a pedida!

ESTILO

Como a nova minivan tem o nome C4muitos de seus traços remetem aos do hatchback de três portasdo sedã Pallas e do futuro hatch de cinco portas – flagrado por Carsale e cujo lançamento no Brasil foi confirmado pela Citroën. A dianteira traz faróis com luzes de posição superiores e horizontaisenquanto a grade frontal traz o grande Chevronsímbolo da marcaem destaque. O capô curto é típico do segmentoenquanto as colunas dianteiras finasprivilegiam tanto o design como a visão. "Foi um desafio para os nossos engenheiros criar colunas A tão finas como essasque tivessem resistência”conta Sergio Habibatual presidente da Citroën e que deixará o cargo em junho próximo.

O Grand C4 Picasso é grandecomo o próprio nome já indicamas mantém as portas com sistema de abertura tradicional na traseira. A retaguarda traz grandes lanternas que avançam pela colunacriando uma forte identidadeHá harmonia nos traços e o design é marcantesem ser agressivo ao ponto de causar a sensação “ame ou odeie”. Ou sejaagrada. As rodas de liga leve Baikalde 16 polegadascom pneus 215/55 colaboram com o visual.

O interior também traz soluções inéditastanto de design como de funcionalidade: esqueça o termo “console central”. Todos os comandos normalmente dispostos neste local foram espalhados pelo futurístico painelque conta com dois grandes porta-trecos superioresum compartimento refrigerado ao centro – que refrescamas não gela –enquanto os comandos do ar condicionado estão divididos: agora cada ocupante cuida do seu espaço e tem ajustes individuaiscada qual em seu lado. O centro é dominado por um imenso mostrador digital que apresenta as principais funções do carro.

O volante e seu entorno é um caso à parte. Além de possuir o centro fixo – mais uma vez o DNA do C4 presente – agrega uma infinidade de botões e alavancasque vão desde os do computador de bordoborboletas de trocas de marchas do câmbio automáticochaves de setade limpadores a até... a própria alavanca do câmbio automático! Tudo foi centralizado neste literal painel de controle. O único item que se manteve em um local tradicionalporém camuflado por uma discreta tampafoi o rádio. Até o freio de mãode acionamento elétricofoi parar no centro do painel.

DESEMPENHO

Hora de ver do que o C4 é capaz. Antes dissovamos testar as acomodações: abrir os bancos da terceira fileira de bancos é fácil e muito prático. Basta retirar a cobertura do assoalho e puxar uma alça – “que não corta dedos”segundo Sergio Habib –e o banco já fica na posição. O problema agora é acessar esses bancos. A começar pelo banco da segunda fileiraque precisa ser rebatido. Há pelo menos quatro alças ou alavancas passíveis de “puxão”para regularrebaterinclinar e até esconder o banco no assoalho. Conselho de amigo: leia o manual.

A cobertura do compartimento de bagagensretrátilpode ser acomodada na traseira ou mesmo ser utilizada como um elemento ocultador da bagagem: basta prender sua ponta no teto. Outro lembrete: os sete airbags criaram uma limitaçãomas compreensível: não é possível forrar os bancos com courosob o risco de atrapalhar o funcionamento das bolsas infláveis laterais.

E pé na estrada. O motor e o câmbio herdados do C4 Pallas – 2.0 16Va gasolinade 143 cve automático de quatro marchas seqüencialrespectivamente – conseguem gerar uma boa mobilidade para a minivan. Nada de acelerações bruscasmas sim compatíveis com a proposta do carro. Só ficamos com a sensação de faltar mais uma quinta marcha no câmbio automáticoaté para melhorar o consumoafinal a 100 km/h o giro do motor está a 3.000 rpm.

A suspensão não é a pneumática vista durante o Salão do Automóvel de São Paulo de 2006. Trata-se de uma derivação da utilizada no C4 na dianteirado tipo McPhersoncom novas calibragens de molas e amortecedores. Enquanto issoa traseira adota o sistema de travessas deformáveiscomo as vistas na Xsara Picasso. É maciomas garante estabilidade inclusive em velocidades mais altas. Uma pausa para cobrir o sol no rosto: a Citroënaté por conta do gigantesco pára-brisadesenvolveu para-sóis deslizantesinspirados nos utilizados em aviões.

E não é só o motorista que fica bem acomodado. Todos ocupantes contam com filtro anti-poluiçãoodorizador de ambientemesas nos encostos dos bancos traseiros com iluminaçãobancos com sistema de fixação de cadeirinhas de bebêtelas retráteis para os vidros traseiros eno porta-malasrede para guardar objetos e até uma lanterna portátil que pode ser recarregada no próprio carro. E por falar em bagagema minivan conta com 576 litros de capacidadecaso se utilize cinco lugarese pode chegar até os 1.971 litroscom os bancos rebatidos. E se algum espertinho esquecer o cinto de segurançao carro lembra: todos os bancos contam com sensores que detectam ocupantes.

Para seu segmentoo Grand C4 Picasso também traz inovações importantescomo o freio de estacionamento elétrico e automáticoque é acionado com o carro desligado e liberado em saídas. Auxilio para saídas em declive que mantém o carro parado em ladeirase o mais interessanteo sistema de ajuda na baliza e que funciona da seguinte forma: o motorista localiza uma vaga e abaixo dos 20 km/h aciona a tecla "P" no painel. Ao passar pela vagao carro irá “ler” o espaço vago para determinar se a vaga é ideal ou se o condutor do veículo deve esquecer e procurar outro lugar para parar: ali não cabe!

MERCADO

Dos concorrentes para o Grand C4 Picassohá só um e direto: a também Grandsó que Scénicda Renaultque conta com pacote de equipamentos bomsete lugares e preço um pouco menor: R$ 87.990. Porém a tecnologia do Citroën é inquestionávelbem como seu refinamento interno. O C4 conta com detalhes pintados de preto brilhantecromadosum ar de luxo latente. A Grand Scenic é mais funcionalmas pode ganhar couroem conjunto do duplo teto solarque eleva seu preço em R$ 6.600. O Renault conta com motor também 2.0 16Vmas de 138 cv e à gasolina. As cores disponíveis para o Grand C4 Picasso renderam até uma piadinha de Sergio Habibparafraseando Henry Ford. “A cor pode ser qualquer umadesde que preta ou prata”enquanto a garantia é de três anos.
 
Publicidade
Veja abaixo a galeria de fotos:
 
Untitled Document
Ficha Técnica
Grand C4 Picasso 2.0 Exclusive
Motor
Motor dianteiro, transversal, quatro cilindros em linha, 16V, gasolina
Cilindrada (Cm³)
1.997
Potência (Cv)
143 a 6.000 rpm
Torque (Kgfm)
20,4 de 4.000 rpm
Câmbio
Câmbio automático sequencial
Comprimento (m)
4,59
Largura (m)
1,83
Altura (m)
1,71
Entre-Eixo (m)
2,72
Peso (Kg)
1.560
Porta-Mala (l)
208
Suspensão
Independente, do tipo McPherson no eixo dianteiro e semi-independente, com eixo de torção no traseiro
Freios
À disco ventilado, na frente, e disco sólido, atrás, com ABS, ESP, ASR, AFU e REF
Tanque (l)
60
Preço (R$)
R$ 89.800
Publicidade
Veja Também:
Av do Estado, 5200, CEP: 01516-000, São Paulo - SP --- Copyright 2000-2013 Carsale.com.br - Todos os direitos reservados