A bicicleta é o meio de transporte mais utilizado na Holanda, tanto que na capital Amsterdã há cerca de um milhão de “magrelas” para uma população de aproximadamente 880 mil habitantes. Graças a essa influência da bikes, no país foi inventado o primeiro carro movido a combustão calórica do mundo. Sim, movido a pedaladas.

Criado pela parceria do inventor saudita Nasser Al Shawaf com a empresa local BPO, o FitCar PPV, um protótipo baseado em uma perua Audi A4 Avant 2.0 TFSI com câmbio automático, transforma as pedaladas do motorista em aceleração.

Um mecanismo de pedais de bicicletas acoplado ao acelerador do carro funciona de acordo com o ritmo do condutor: quanto mais rápido ele pedala, mais rápido o carro anda e vice-versa. Além disso, para liberar espaço para o sistema, o pedal de freio foi substituído por uma alavanca ao lado do volante, que reduz a velocidade ou para o carro ao ser empurrada com a mão direita.

Segundo com os construtores do FitCar PPV, o veículo pode entregar desempenho e consumo parecidos com os da especificação original.

De acordo com Al Shawaf, a invenção é uma forma de se exercitar durante os congestionamentos das grandes cidades. “Viajo para várias cidades pelo mundo onde é normal ficar mais de 60 minutos dentro de um carro. É uma maneira doentia de desperdiçar mais de duas horas diárias. Então tive a ideia de criar o FitCar, que faz exatamente o mesmo que qualquer carro faz, nos levando com conforto e segurança do ponto A ao ponto B, mas permitindo se exercitar enquanto o dirige”.

O inventor diz que é possível queimar cerca de 300 calorias a cada 30 minutos de pedaladas, reduzindo os riscos de obesidade e doenças provocadas pelo sedentarismo.

Para dirigir o veículo, há três configurações simples. A primeira (Dirigir Devagar) é para o tráfego lento. Ao acelerar o processo, o condutor verá a configuração “Dirigir Rápido” em caso de rodar na estrada. Já a função “Sem Carro” mantém o carro parado parado mesmo enquanto o motorista continua usando os pedais.

Há também um botão giratório nos pedais que ajuda você a ajustar a resistência, semelhante à troca de marchas em uma bicicleta comum.

“Este é o protótipo 2, um Audi A4 Avant, escolhido por sua ergonomia, permitindo uma uma confortável posição de ciclismo, com espaço suficiente para a ação física de pedalar”, disse o fundador da BPO, Oscar Brocades Zaalberg. “Nossa ambição é que a tecnologia seja adotada por um fabricante de carros para uma nova geração de carros urbanos ‘mais saudáveis’, ou simplesmente para oferecermos isso como um kit de conversão para aqueles que desejam adicionar o PPV como um opcional para seu carro”, explicou Zaalberg. O FitCar PPV foi patenteado internacionalmente e atualmente está aguardando a aprovação das autoridades responsáveis pela fiscalização do trânsito na Europa para a liberação do seu uso no continente.

Fotos: Divulgação