Prestes a estrear no Brasil, o novo Volkswagen Jetta bateu um recorde nos Estados Unidos. Trata-se de um modelo totalmente modificado para participar das provas de velocidade no deserto de sal de Bonneville, no estado de Utah. Segundo a associação responsável pela competição, o sedã superou o recorde anterior da categoria (335.49 km/h) ao atingir os 338.15 km/h.

Para conseguir a façanha, o Jetta foi severamente alterado pela oficina THR Manufacturing. Começando pelo motor 2.0 TSI, que recebeu novos componentes reforçados, além de turbocompressor e escapamentos redimensionados, para entregar cerca de 600 cv de potência a 8.500 rpm, aferidos em um dinamômetro.

A carroceria foi modificada para atingir um coeficiente aerodinâmico de apenas 0.27 Cx, sem contar as mudanças em freios, suspensão e no par de para-quedas instalado na traseira para ajudar o carro a parar.

O interior do Jetta possui apenas o essencial para o veterano piloto Scott Goetz conduzir o carro em segurança, como banco em formato concha, cinto de segurança de cinco pontos e gaiola de proteção.

“Foi uma experiência assustadora dirigir este carro sobre o sal, mas mesmo assim ele passou muita confiança em altas velocidades. Não tenho dúvida de que poderíamos ir ainda mais rápido com um pouco mais de potência, mas estamos muito felizes com o recorde sabendo que o carro pode entregar ainda mais se precisarmos”, disse Goetz.

Fotos: Divulgação