SUV-Cupê, Renault Arkana já está no INPI e pode estrear motor turbo no Brasil

Renault Arkana é o nome do primeiro SUV-Cupê da Renault desenvolvido para mercados emergentes. O nome foi confirmado oficialmente pela marca francesa em um novo teaser do modelo. A imagem (abaixo) também serve para relembrar que o estreante estará no Salão do Automóvel de Moscou (Rússia), na próxima semana.

No teaser anterior pela marca francesa é possível ver apenas parte da dianteira do crossover, com destaque para as luzes diurnas LED em forma de C. Embora não tenham sido divulgados detalhes do novo produto, acredita-se que ele será mais sofisticado e tecnológico que o Captur, ficando posicionado acima deste e abaixo do Koleos. Já a traseira mostra lanternas interligadas por um refletor vermelho e um aparente spoiler integrado na tampa do porta-malas.

Tratado pela Renault como um produtos que une características de utilitário esportivo e cupê o novato será fabricado inicialmente na Rússia, mas deverá ser comercializado também na China, Coreia do Sul e Brasil. Mais detalhes devem ser revelados nos próximos dia. O nome do modelo já foi registrado no Brasil pela Renault junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial.

Segundo o site Autos Segredos, o Arkana será responsável por estrear o motor 1.3 turbo de três cilindros. De acordo com a publicação, o propulsor denominado TCe terá cabeçote de 12 válvulas e será oferecido com transmissões manual e automática. A potência ficará na casa dos 170 cv.

O novo motor deverá substituir o veterano 2.0 16V aspirado, podendo equipar o Captur, a Duster Oroch e nova geração do Duster, que estreia no ano que vem. O Autos Segredos destaca também a possibilidade de a Aliança Renault-Nissan utilizar o 1.3 turbo no Kicks.

Imagens: Divulgação

Redação: