O Grupo PSA Peugeot Citroën iniciou nesta terça-feira (31) a produção do Citroën C4 Cactus nacional, que competirá no badalado segmento de SUVs compactos. O modelo começou a ser fabricado no Polo industrial de Porto Real, no estado do Rio de Janeiro. Além da planta fluminense, o SUV também é fabricado na unidade industrial da PSA em Madri, na Espanha.

Principal aposta para alavancar as vendas da marca no País, o C4 Cactus deverá chegar às lojas brasileiras em setembro. As motorizações previstas são a 1.6 16V aspirada de 118 cv de potência e a turbinada 1.6 THP de 173 cv, combinadas com as caixas automática de seis marchas ou manual de cinco velocidades.

Dentre os destaques tecnológicos do Cactus estão a central multimídia com tela tátil de 7 polegadas, câmera de ré e compatível com os sistemas para smartphones Android Auto e Apple CarPlay, além do sistema de assistência ao motorista Active Safety Brake, que aciona automaticamente os freios em caso de colisão iminente.

Para se ter uma ideia de tamanho, o C4 Cactus possui 2,60 metros de distância entre-eixos (1 cm a menos que o Honda HR-V, por exemplo) que, segundo a Citroën, permitirá a acomodação de cinco passageiros tranquilamente.

De acordo com a marca francesa, de 2016 até o final de 2018, cerca de R$ 580 milhões terão sido investidos na fábrica de veículos de Porto Real para mantê-la como uma das melhores do Grupo PSA em todo o mundo. A fábrica de veículos produziu mais de 1,6 milhão de unidades desde sua inauguração em 2001 e, além do Novo SUV C4 Cactus, fabrica os modelos Peugeot 208 e 2008 e os Citroën C3 e Aircross.

Imagens: Divulgação