A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) divulgou uma revisão da expectativa de produção e exportação de veículos para o fechamento de 2018.

No caso das exportações, o crescimento de 4,5% projetado inicialmente deve ser desconsiderado, pois o volume do ano deve ficar estável com 766 mil unidades enviadas para outros países. Para a produção, a nova projeção aponta um aumento de 11,9%, chegando a 3,02 milhões de unidades fabricadas este ano – a previsão inicial era acréscimo de 13,2%.

A entidade ressalta que as previsões para o licenciamento de autoveículos não foram alteradas e permanecem com alta de 11,7%, o que significa encerrar o ano com 2,50 milhões de unidades comercializadas.

Licenciamento cresce 3,6% em junho

De acordo com o mais recente balanço divulgado pela Anfavea, o licenciamento de autoveículos em junho ficou praticamente empatado com o registrado em maio: com apenas 85 unidades a mais –– cresceu 3,6% frente as 195 mil do mesmo mês do ano passado. No semestre, a comercialização atingiu 1,16 milhão de unidades, crescimento de 14,4% quando comparado com as 1,01 milhão de 2017.

Já as exportações registraram aumento de 6,8% no comparativo com maio: 64,9 mil unidades em junho e 60,8 mil no mês anterior. Quando analisado com as 67,9 mil enviadas para fora da fronteira em junho do ano passado, a queda é de 4,4%. No acumulado do ano, as 379,0 mil unidades deixam o balanço positivo em 0,5% – no ano passado foram exportados 377,0 mil veículos.

Na produção, o sexto mês do ano apontou 256,3 mil unidades produzidas, expansão de 20,7% frente as 212,3 mil de maio e de 21,1% sobre as 211,6 mil de junho do ano passado. No semestre a fabricação foi de 1,43 milhão de unidades, elevação de 13,6% ante as 1,26 milhão do ano passado.

Imagens: Divulgação