Pode não parecer, mas o Jeep Renegade está de cara nova na Europa. O SUV compacto ganhou discretos retoques visuais e será o responsável pela introdução dos motores Firefly turbinados na gama da Fiat Chrysler Automóveis (FCA) no mercado europeu.

Visualmente, as principais mudanças estão concentradas no para-choque dianteiro, que passa a ter luzes diurnas de LED no lugar das lâmpadas halógenas. Os faróis também são novos, com assinatura de LED parecida com as do novo Wrangler. A traseira agora conta com lanternas tridimensionais, uma nova maçaneta para a abertura do porta-malas e ponteira de escape trapezoidal.

A FCA ainda não divulgou fotos do interior e nem os dados técnicos das motorizações do Renegade 2019, mas o modelo estreará os propulsores Firefly com turbo e injeção direta de gasolina, nas variantes 1.0 de três cilindros com 120 cv de potência e 1.3 de quatro cilindros e 180 cv.

O Renegade fabricado no Brasil estreará o novo visual no segundo semestre, mas os novos motores turbo ainda devem levar um tempo para estrearem por aqui. Para o nosso mercado, a FCA entende que o SUV não é o modelo ideal para lançar esses propulsores por conta de custos e estratégias de marketing. É provável que essas motorizações comecem a ser feitas no país para equipar, primeiramente, modelos Fiat, como a dupla Argo e Cronos.

Fotos: Divulgação