A nova geração do Lexus LS começa a ser vendida no Brasil apenas na versão híbrida 500h, que chega a partir de R$ 760 mil para disputar clientes de sedãs de luxo e repletos de tecnologia de marcas alemãs, como BMW Série 7, Mercedes-Benz Classe S e Porsche Panamera.

O LS 500h combina um motor 3.5 V6 a gasolina a dois propulsores elétricos, que geram 359 cv de potência e 68,1 kgfm de torque combinados. A força do conjunto é enviada às rodas traseiras por meio de uma caixa automática de quatro velocidades combinada a uma transmissão de variação contínua (CVT), que juntas simulam 10 marchas. De acordo com a Lexus, o sedã de 2.028 quilos acelera de 0 a 100 km/h em 5.4 segundos e atinge a velocidade máxima de 250 km/h (limitada eletronicamente).

Além do conjunto motriz híbrido, o LS 500h conta com a nova arquitetura GA-L, mais leve e rígida que a da geração anterior. A nova base permitiu ampliar o espaço interno com o ganho de 3,3 centímetros na distância entre-eixos de 3,12 metros. O sedã mede 5,23 m de comprimento, 1,90 m de largura e 1,45 m de altura.

O LS 500h é equipado com ar-condicionado digital de quatro zonas, central multimídia com tela tátil de 12,3 polegadas, painel digital, head-up display, câmera de ré, bancos individuais com ajustes elétricos e massagem, suspensão a ar, rodas de 20 polegadas, controles de estabilidade e tração, sensor de ponto cego, faróis de LED com acendimento automático, alerta de colisão frontal e traseira, entre outros recursos comuns a carros dessa categoria.

Fotos: Divulgação