A Toyota começou a testar nesta segunda-feira (19), em São Paulo (SP), o primeiro protótipo de um veículo híbrido que combina a propulsão elétrica com um motor bicombustível. O Prius flex percorrerá um trecho de mais de 1.500 quilômetros da capital paulista até o Distrito Federal para colocar à prova a durabilidade do conjunto mecânico adaptado para o etanol.

Ainda sem previsão de chegar às ruas, a tecnologia desenvolvida em parceria com as equipes de engenharia da Toyota do Japão e do Brasil foi direcionada para aprimorar a combinação da propulsão elétrica com fontes de energia renováveis e menos poluentes.

Para chegar à formatação do primeiro protótipo, a Toyota realizou testes laboratoriais durante quase três anos. O carro manteve o motor 1.8 de quatro cilindros, que trabalha associado a um propulsor elétrico e ao câmbio automático CVT, gerando potência combinada de 123 cv.

Foto: Divulgação