Sem fazer alarde, a Volkswagen deixou de oferecer as versões mais caras de Gol e Voyage para abrir espaço aos recém-lançados Polo e Virtus, cujos preços começam em R$ 49.990 (1.0 MPI) e R$ 59.990 (1.6 MSI), respectivamente. O Gol perdeu as variantes Comfortline 1.0 e 1.6, enquanto o Voyage Highline 1.6 sai de cena.

Agora, o Gol é oferecido apenas nas variantes Trendline 1.0 (R$ 43.840), Track 1.0 (R$ 46.490) e Trendline 1.6 (R$ 49.350). Já o Voyage está disponível nas versões Trendline 1.0 (R$ 51.200), Trendline 1.6 (R$ 54.690), Comfortline 1.0 (R$ 54.190), Comfortline 1.6 (R$ 56.300) e Comfortline 1.6 I-Motion (R$ 59.700).

A marca chegou a confirmar no ano passado que os modelos mais antigos seriam reposicionados com a chegada dos novos produtos, focando nas versões mais vendidas. O Fox foi o primeiro a sofrer essas mudanças, quando deixou de contar com as configurações 1.0 e CrossFox 1.6.

Além disso, Gol e Voyage serão reestilizados e ganharão uma transmissão automática de seis marchas com conversor de torque ainda em 2018. Essa atualização garante uma sobrevida até a chegada do novo compacto derivado da plataforma MQB que substituirá a atual família Gol até 2020.