O novo Honda Accord 2018 (décima geração) ganhou o prêmio de Carro do Ano da América do Norte 2018 (2018 North American Car of the Year). A conquista marca o terceiro ano consecutivo em que um automóvel Honda recebe a honra máxima do júri de jornalistas automotivos locais, somado aos prêmios conquistados pelos modelos Civic e Ridgeline, condecorados como carro e picape do ano em 2016 e 2017, respectivamente.

Iniciados em 1994, os prêmios são julgados por 60 jornalistas automotivos profissionais dos Estados Unidos e Canadá que trabalham para revistas independentes, televisão, rádio, jornais e sites da indústria.

Totalmente renovado, o Accord 2018 é construído sobre uma nova plataforma, que garante menor peso, maior rigidez estrutural e interior mais espaçoso. A motorização disponível para as versões de entrada é a mesma de quatro cilindros 1.5 turbo a gasolina que equipa o Civic Touring vendido no Brasil. No Accord, a potência do propulsor salta dos 173 cv para 194 cv, enquanto o torque sobe de 22,3 kgfm para 26,5 kgfm. As transmissões disponíveis são a manual de seis marchas ou automática tipo CVT (variação contínua).

As configurações mais caras são movidas pelo 2.0 turbo de 255 cv e 37,6 kgfm, que substitui o 3.5 V6 aspirado de 280 cv e 34,6 kgfm. Essa motorização é oferecida com a caixa manual de seis velocidades na versão Sport ou a automática com conversor de torque de 10 marchas nas demais variantes. Há ainda uma versão híbrida.

Ao longo de 10 gerações e 41 anos, o Accord vendeu mais de 13 milhões de unidades na América do Norte. Ele foi o primeiro modelo de uma montadora japonesa a ser fabricada na região, a partir de novembro de 1982, em Marysville, Ohio, com a produção acumulada mais de 11 milhões de veículos por mais de 35 anos nos Estados Unidos.