O verão é a estação mais chuvosa do ano na maior parte do Brasil. As frequentes tempestades desta época exigem maior cuidado dos motoristas, que devem ficar atentos aos perigos da aquaplanagem. Também conhecido como hidroplanagem, esse efeito ocorre quando os pneus do carro perdem o contato com o chão ao trafegar em pista molhada ou ao passar sobre poças d’água no asfalto. Essa instabilidade pode provocar derrapagens repentinas, fazendo com que o condutor perca o controle do veículo e até mesmo ocasionando acidentes.

Segundo Leandro Richter, especialista da empresa de serviços automotivos DPaschoal, explica que os pneus lisos e descalibrados estão mais sujeitos a enfrentar a aquaplanagem, assim como os veículos mais leves e em alta velocidade. “Além de reduzir a velocidade e manter a direção firme, calibrar os pneus periodicamente é um dos principais fatores que ajudam a evitar a aquaplanagem em dias chuvosos. Checar e ajustar a pressão de ar das rodas a cada 15 dias, por exemplo, pode ajudar a evitar esse e outros transtornos”.

Além de manter as rodas e pneus do veículo em condições adequadas de rodagem, o motorista tem de tomar algumas precauções ao dirigir em situações de pista molhada ou no momento de passar por poças, como reduzir a velocidade e evitar freadas bruscas e mudanças ríspidas de direção.

No vídeo abaixo, produzido pelo Centro de Tecnologia, Treinamento e Inovação da DPaschoal, é possível entender melhor como os pneus carecas prejudicam o motorista em condições de baixa aderência:

Foto principal: John Mahler