A Ford vem trabalhando firme na picape Ranger. Além da confirmação da volta do modelo aos Estados Unidos, a empresa do oval azul prepara o lançamento de uma versão reestilizada para alguns países. O primeiro deles é a Tailândia, onde a picape com visual atualizado apareceu sem camuflagem. As fotos são do site da revista tailandesa Head Light.

As mudanças se concentram na dianteira, especialmente no para-choque, que conta com um desenho mais limpo e uma entrada de ar maior. A grade ganhou duas barras mais finas no lugar da única que abrigava o logo da marca. Os faróis contam com projetor para o farol baixo e parábola para o faixo alto, além de luzes diurnas de LED. Os faróis de neblina ganharam novas molduras.

Na Tailândia, a Ford Ranger 2018 atualizada deve manter o motor turbodiesel 2.2 TDCI com 125 cv e 32,5 kgfm ou 160 cv com 39 kgfm. O propulsor de cinco cilindros turbodiesel 3.2 TDCI de 200 cv e 44 kgfm de torque com câmbio manual de seis marchas ou 47 kgfm com a caixa automática, também de seis velocidades.

Já nos Estados Unidos, o único detalhe que se sabe até o momento é que a Ranger será fabricada em Detroit sobre um novo chassi, mas o site da revista Motor Trend já adianta que a picape poderá ser oferecida com até três diferentes motorizações.

Segundo a publicação, a Ranger americana será equipada com motores a gasolina, sendo um quatro-cilindros de 2.5 litros de 177 cv de potência e 24,1 kgfm de torque para as versões de entrada. As configurações mais caras deverão receber o 3.3 V6 de 294 cv e 36,5 kgfm da F-150.A Motor Trend diz que a terceira motorização poderá ser a diesel, mas flagras da imprensa americana indicam que a Ranger terá uma versão Raptor, com suspensão preparada e equipada com o motor 2.7 V6 turbo a gasolina da família EcoBoost, capaz de entregar 325 cv de potência.

As informações ainda são escassas, mas a imprensa americana diz que a Ranger será vendida nos Estados Unidos nas configurações de cabines estendida e dupla, custando a partir de US$ 20 mil (cerca de R$ 62.200 na conversão atual). Entre as principais novidades estarão o novo câmbio automático de 10 marchas da Ford, faróis de LED, bancos com aquecimento e ventilação e a central multimídia SYNC com tela de 8 polegadas nas versões mais caras.

Fotos: Head Light Magazine