Um ano depois de tirar uma leva de modelos de linha, a Fiat encerra a produção da perua Weekend e do furgão Doblò. Segundo o site Autos Segredos, a fábrica de Betim (MG) será responsável pela produção apenas dos compactos Mobi, Uno e Argo, do sedã Grand Siena, da picape Strada e do furgão Fiorino – o sedã Cronos virá da Argentina.

Depois da publicação da notícia, a Fiat entrou em contato com o Autos Segredos para dizer que os dois modelos continuam sendo produzidos, alegando que fabricou 332 unidades da Weekend e 692 unidades do Doblò em dezembro. Em 2017, a perua contabiliza 3.471 unidades comercializadas, enquanto o furgão soma 5.060 emplacamentos, segundo a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).No mercado há exatos 20 anos, a Weekend (lançada com o prenome Palio) até chegou à linha 2018 nas versões Attractive 1.4 e Adventure 1.8, mas veio perdendo espaço nos últimos anos por conta do projeto defasado e da chegada de novos modelos, principalmente dos SUVs compactos, que tomaram o espaço das peruas – soma-se a isso os preços nada convidativos ao consumidor.Já o Doblò sai de cena após 15 anos. O furgão, que ainda está na linha 2017, vinha sendo oferecido apenas nas versões Essence e Adventure, ambas com motorização 1.8. Atrasado duas gerações em relação do modelo europeu, o Doblò brasileiro perdeu apelo diante das novidades do mercado nos últimos anos. Os preços variando entre R$ 82 mil e R$ 90.900 também determinaram a aposentadoria do modelo.

Fotos: Divulgação