Nos últimos anos, houve um crescimento nas vendas para PCD(pessoas com deficiência), tanto que as marcas agora oferecem versões exclusivas para esse público. No entanto, os números poderiam ser ainda maiores se a burocracia não atrapalhasse.

Atualmente, para ter direito às isenções, é necessário registrar o pedido em um posto de atendimento da Receita Federal. A análise e aprovação pode levar até cinco meses. No entanto, a partir de agora ficará mais rápido e fácil.

A Receita Federal anunciou que adotará um sistema online que permite fazer o pedido de isenção do Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguro e Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) sem sair de casa. Porém, isso vale somente para os impostos federais. As isenções para cobranças estaduais, como ICMS, ainda precisam ser requisitadas pessoalmente no posto de atendimento adequado.

Os pedidos entrarão no Sisen (Sistema de Concessão Eletrônica de Isenção IPI/IOF), que é integrado há vários órgãos públicos, como o Registro Nacional de Carteira de Habilitação (Renach), Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam) e Cadastro Nacional de Condenações Cíveis por Ato de Improbidade Administrativa e Inelegibilidade (CNICIAI). Isso reduzira o tempo para liberação do pedido de até 5 meses para cerca de 72 horas.

Foto: Murilo Goes/UOL