Volkswagen Argentina revela segredos até 2020; Gol terá substituto

A Volkswagen confirmou há alguns meses que pretende lançar 20 novos modelos na América Latina, começando pelo novo Polo e o sedã Virtus. Se a filial brasileira ainda tenta manter as novidades em segredo, a divisão argentina revelou os planos da empresa durante um jantar de confraternização com jornalistas locais. Desses lançamentos, 13 serão produzidos no Brasil, conforme o slide fotografado pelo jornalista Carlos Cristófalo do site Argentina Autoblog.

Gol e Voyage AQ:a família Gol terá sobrevida no mercado brasileiro até a chegada do novo modelo derivado da plataforma MQB. A mudança começará por um facelift e uma atualização de equipamentos. É possível que Gol e Voyage recebam uma transmissão automática de seis marchas com conversor de torque ainda em 2018.

A00 (sucessor do Gol):a atual família Gol será definitivamente atualizada em 2020 utilizando uma versão encurtada da plataforma MQB-A0 do Polo (que é uma variante mais curta da estrutura MQB do Golf). No slide, o novo modelo é tratado como “sucessor do Gol”, indicando que o nome do modelo veterano poderá substituir o modelo veterano como carro de entrada da marca – nosso colunista Claudio de Souza já antecipou essa possibilidade recentemente.

Polo e Virtus GTS: além das já lançadas versões Connect e Xtreme do Fox, a imagem revela que o novo Polo e o sedã Virtus ganharão uma variante de caráter esportivo prevista para 2018 ou 2019. A versão deverá ter itens estéticos exclusivos e motorização 1.0 TSI de 128 cv de potência ou até mesmo o 1.4 TSI de 150 cv do Golf.

Saveiro NF: a figura que aparece como “Saveiro NF” (Nova Família) confirma que a nova picape derivada da plataforma modular MQB manterá o nome atual. O modelo crescerá em tamanho para ter cabine dupla com quatro portas e concorrer com a Fiat Toro e a Renault Duster Oroch. É possível que a Saveiro atual seja mantida na versão Robust especificamente para o uso comercial.

T-Cross: o SUV compacto feito a partir da plataforma MQB será produzido no Brasil em meados de 2018 para concorrer no segmento atualmente dominado pelo Honda HR-V. Além da estrutura, o modelo compartilhará equipamentos e tecnologias com o Polo.Golf PA: trata-se da primeira reestilização da sétima geração do hatch médio, que deve estrear por aqui no começo de 2018. Além do visual discretamente retocado, o Golf ganhará novos equipamentos, como o painel digital configurável Active Info Display introduzido pelo Polo.

A0 CUV: a sigla que significa “veículo utilitário compacto” chegará em 2019 ou 2020 para matar de vez o CrossFox. O modelo será feito sobre a base MQB-A0 do Polo para ficar posicionado abaixo do T-Cross e concorrer com compactos aventureiros, como Citroën AirCross, Honda WR-V e JAC T40.

Tarek:entre os modelos feitos na Argentina, a principal novidade será o SUV médio (até então chamado de Tharu), que chegará em 2020 para concorrer com o Jeep Compass. O nome é uma derivação do nome árabe Tarik, que significa “estrela verpertina”.

Amarok: outro produto argentino, a picape média lançada em 2010 ganhará versões com o motor 3.0 V6 turbodiesel de 224 cv e, possivelmente, novos equipamentos.Golf Variant PA: o slide mostra também alguns modelos feitos fora do Mercosul, como a perua mexicana, que ganhará as atualizações do Golf brasileiro.Tiguan Allspace: a versão de sete lugares da nova geração do SUV já roda em testes no Brasil e tem estreia confirmada para 2018. Importado do México, o modelo ficará posicionado acima do T-Cross.

Passat PA: importado da Alemanha, o sedã grande será atualizado esteticamente.Atlas: o SUV grandalhão feito sobre a plataforma MQB para América do Norte chegou a ser exibido no Salão de Buenos Aires deste ano, mas ainda é uma incógnita para o Brasil. O modelo viria importado do México.

Fotos: Argentina Autoblog e Divulgação
Projeção novo Gol: Kleber Silva

Redação: