Depois do Chevrolet Tracker, foi a vez do Ford EcoSport ganhar uma versão para PCD. Aliás, a estratégia de ambas as marcas foram iguais. Não houve criação de uma configuração exclusiva, porém, as duas empresas ofereceram abatimento no preço e isenção de IPI. Não há isenção de ICMS, pois o teto para essa operação é de R$ 70 mil. Nesse caso, o desconto poderia chegar a quase 30%.

No caso da Ford, o desconto é de 24%, ou R$ 19.918 sobre a versão SE 1.5 AT. Normalmente, a configuração custa R$ 82.990 e assim sairá por R$ 63.072. Mesmo com o desconto, a Ford manteve todos os itens, portanto, há sete airbags, controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, monitor de pressão dos pneus, piloto automático, borboletas para trocas sequenciais, sensor de estacionamento traseiro, grade frontal ativa, rodas de liga aro 15″ e central multimídia Sync 3 com tela de 6,5″.

O motor é o novo Dragon 1.5 TiVCT de três cilindros, 137 cv e 16,2 mkgf. A transmissão automática de seis marchas com conversor de torque substitui o polêmico câmbio automatizado de dupla embreagem Powershift.