Após lançar a linha 2018 do Fiestahatch, com uma leve reestilização, a Ford pode deixar de oferecer a variante sedã no Brasil. Durante o lançamento do Fiesta 2018, executivos da marca deixaram claro que o Fiesta Sedan possui “vida própria”, distinta do hatch, mas que seguiria sendo importada.

No entanto, segundo informações do site Al Volante, a linha Fiesta deixará de ser produzida na fábrica mexicana de Cuautitlán a partir de 2018. Ainda de acordo com a publicação, a intenção da Ford é abrir espaço para a fabricação da C-Max, minivan derivada do Focus que deixou de ser produzida nos Estados Unidos.

A mudança de planos é uma tentativa de apaziguar a situação da Ford no México após polêmicas com Donald Trump. A ordem do presidente norte-americano fez a empresa cancelar um investimento de US$ 1,6 bilhão para a construção de uma nova fábrica em San Luís Potosí.

Foto: Divulgação