O nosso primeiro contato com o novo Volkswagen Polo Highline 200 TSI (R$ 69.190) foi durante um teste em pista fechada em uma prévia de lançamento. Desta vez, aproveitamos para comparar a configuração mais cara e equipada do hatch com o Fiat Argo Precision 1.8 automático (R$ 67.800), confrontando os números de consumo e desempenho aferidos pelo Instituto Mauá de Tecnologia e os custos médios de seguro e revisões até 60 mil quilômetros.

Na faixa dos R$ 70 mil, Polo Highline e Argo Precision oferecem bom nível de equipamentos. No entanto, o Polo possui itens exclusivos e custa menos que o rival mesmo com todos os opcionais disponíveis (R$ 74.490 do Polo contra R$ 77.400 do Argo). Além disso, o Volkswagen conta com a moderna motorização com turbo e injeção direta ante o “tradicional” propulsor aspirado do rival.

Devido a indisponibilidade do Argo Precision para as fotos, utilizamos uma unidade da versão Drive 1.3 apenas para comparar as diferenças de estilo com o Polo

O Polo Highline leva sob o capô o motor de 1.0 TSI de três cilindros com duplo comando variável de válvulas, conectado ao câmbio automático Tiptronic de seis velocidades. O propulsor desenvolve 116 cv de potência com gasolina e 128 cv quando abastecido com etanol. O torque máximo de 20,4 kgfm é atingido com qualquer um dos combustíveis.

Já o Argo Precision é movido pelo mesmo conjunto do Jeep Renegade e da picape Toro. O motor e.torq 1.8 16V de quatro cilindros com variação apenas nas válvulas de admissão gera 135 cv e 18,8 kgfm com gasolina e 139 cv e 19,3 2 kgfm com etanol. A transmissão também é automática de seis velocidades.Em nossos testes, os hatches mostraram boa disposição, porém, o motor turbo do Polo fez valer a entrega do torque máximo a baixos giros, superando o rival em desempenho e consumindo menos combustível. Além de o Argo ser 117 kg mais pesado, o motor 1.8 do Fiat “desperta” apenas em rotações elevadas, exigindo acelerações mais vigorosas que prejudicam o consumo – mesmo com o uso do sistema start-stop, que desliga e religa o motor em paradas breves. Já as transmissões automáticas de ambos têm funcionamento suave e são calibradas para priorizar a economia de combustível, mudando de marcha a baixas velocidades. Embora também tenha as borboletas para trocas manuais no volante, o câmbio do Argo não possui o modo esportivo presente no Polo.

Como já dissemos anteriormente, o Argo é o melhor Fiat dos últimos tempos ao lado da picape Toro. Além da melhora em construção e tecnologia, o hatch é o carro mais bem acertado da marca. O conjunto mecânico entrega desempenho condizente, as suspensões conciliam bem conforto e estabilidade, enquanto a assistência elétrica ajusta com eficiência a firmeza da direção conforme a necessidade.

Já o Polo honra as gerações anteriores com uma dinâmica mais afinada que a do rival graças à esperteza do motor turbo em qualquer faixa de rotações e pela maior precisão da direção. Diferentemente do modelo anterior, vendido no Brasil entre 2002 e 2015, o hatch da marca alemã apresenta um acerto de suspensão mais macio por conta dos ajustes feitos para suportar as precárias ruas e estradas brasileiras. Ainda assim, ele é um carro bem postado em curvas – condição em que o bloqueio eletrônico de diferencial XDS atua distribuindo a força do motor entre as rodas para manter o carro na trajetória, favorecendo a segurança e antecipando a ação do controle de estabilidade.Falando em segurança, o Polo conquistou a nota máxima nos testes de impacto do Latin NCAP, enquanto o Argo ainda não foi avaliado pela entidade. Nessas configurações, ambos saem de fábrica com os obrigatórios airbags frontais e freios com ABS, além da assistência de partida em rampa e dos controles de estabilidade e tração. De série em todas as versões do Polo, os airbags laterais são opcionais de R$ 2.500 no Argo Precision. O Volkswagen ainda conta com o XDS, freios a disco nas rodas traseiras e o sistema de frenagem pós-colisão (para evitar um segundo acidente), indisponíveis no Fiat. Para a segurança das crianças, os hatches contam com dois pontos Isofix no banco traseiro para a ancoragem das cadeirinhas infantis.

Polo e Argo são idênticos no espaço para até quatro adultos. Por ser maior em quase todas as dimensões, o hatch da Volkswagen tem cabine mais ampla lateralmente que a do rival. Por outro lado, o Argo leva vantagem no espaço para a cabeça dos ocupantes por causa dos centímetros a mais na altura. Os porta-malas de ambos acomodam 300 litros de bagagem – o compartimento do Polo perdeu 50 litros em relação ao modelo europeu para acomodar o estepe, obrigatório no Brasil.Em termos de acabamentos, a cabine do Argo aparenta ser mais caprichada por utilizar diferentes tipos de materiais e texturas. O interior do Polo é bem montado, porém, simples demais para um carro dessa categoria. E a Volks ainda utiliza um tecido nos bancos com padronagem parecida com a de modelos mais baratos da marca. Ao menos na versão topo de linha, o Polo merecia um pouco mais de esmero nesses detalhes.

Por outro lado, o hatch mostra que está alinhado ao modelo europeu quando exibe o painel digital Active Info Display, que pode ser combinado à central multimídia Discover Media por meio de fibra óptica. Oferecido como opcional, o recurso conta com uma tela configurável de 10,25” que permite visualizar desde informações básicas do carro até mapas 3D do GPS.

Já no caso do Argo a central é a Uconnect, também compatível com os sistemas Apple Car Play e Android Auto. No entanto, a navegação é feita por meio do espelhamento de smartphones na tela de 7” do equipamento.Ambos são equipados com direção elétrica, volante multifuncional com regulagem de altura e profundidade, piloto automático, vidros elétricos nas quatro portas, central multimídia com Bluetooth e entradas AUX e USB, faróis de neblina, rodas de liga leve, banco traseiro bipartido, entre outros. O Polo Highline compensa o preço um pouco maior trazendo itens que o Argo Precision não tem de série, como a chave presencial com botão de partida no painel, ar-condicionado digital, faróis com acendimento automático e porta-luvas refrigerado. Em contrapartida, o Argo traz monitoramento de pressão dos pneus desde a versão Drive 1.3 (opcional no Polo) e o sistema start-stop é exclusivo do Fiat.Opcionais Volkswagen Polo Highline 200 TSI
São itens opcionais no Polo o revestimento de material imitação de couro nos bancos e portas (R$ 800), rodas de 17” (R$ 1.200) e banco do passageiro com encosto rebatível (R$ 300). Por mais R$ 3.300 há o Pacote Technology, que adiciona, câmera de ré, detector de fadiga, indicador de pressão dos pneus, porta-malas com rede e ajuste de profundidade central multimídia Discover Media com tela de 8” e GPS, painel digital Active Info Display, antena tipo barbana de tubarão, espelho interno antiofuscante, faróis com ajuste automático de intensidade do facho alto e sensor de chuva.Opcionais Fiat Argo Precision 1.8 AT
No Argo, os equipamentos oferecidos como opcionais são as rodas de liga leve de 16” e bancos revestidos de material imitação de couro (R$ 2.200); airbags laterais (R$ 2.500); sensor de estacionamento traseiro com visualizador gráfico e câmera de ré (R$ 1.400); ar digital, chave presencial, computador de bordo com tela digital de 7” configurável, retrovisores externo com rebatimento elétrico e luz de conforto, sensor de chuva, faróis com acendimento automático e espelho interno antiofuscante (R$ 3.500).

MANUTENÇÃO
Polo Highline 200 TSI e Argo Precision 1.8 têm custos parecidos nos preços fixos das revisões programadas (a cada ano ou 10.000 km), que incluem a substituição e verificação de itens previstos no serviço de manutenção e a mão-de-obra das concessionárias. No caso do Polo, há a opção de adquirir as três primeiras manutenções (10.000, 20.000 e 30.000 km) por R$ 999 no ato da compra do carro (somadas custam R$ 1.215).

 
Polo Highline 1.0 TSI
Argo Precision 1.8 AT
10.000 km (1 ano)R$ 243R$ 308
20.000 km (2 anos)R$ 519R$ 536
30.000 km (3 anos)R$ 453R$ 468
40.000 km (4 anos)R$ 847R$ 712
50.000 km (5 anos)R$ 453R$ 488
60.000 km (6 anos)R$ 519R$ 1.036
TotalR$ 3.034R$ 3.548

SEGURO
As apólices de seguro cotadas pela Carsale Corretora (11 3019-2900) cobrem os veículos em 100% do valor da tabela Fipe, com indenizações de R$ 100 mil a danos materiais e corporais, além de carro reserva por sete dias. O perfil simulado é para o uso particular de um homem de 35 anos, casado, sem filhos, morador da zona sul de São Paulo (SP), com garagem fechada em casa e no trabalho. As propostas não cobrem danos provocados por motoristas com idade entre 18 e 24 anos. Veja os valores abaixo:

 
Polo Highline 1.0 TSI
Argo Precision 1.8 AT
ItaúR$ 2.998,14 (franquia R$ 860)R$ 3.160,87 (franquia R$ 1.494)
Porto SeguroR$ 3.238,76 (franquia R$ 860)R$ 3.347,58 (franquia R$ 1.494)
Tokio MarineR$ 3.786,76 (franquia R$ 1.500)R$ 3.963,29 (franquia R$ 1.325)
MapfreR$ 3.421,21 (franquia R$ 1.618,50)R$ 3.981,55 (franquia R$ 1.700,50)
LibertyR$ 3.558,99 (franquia R$ 1.779,50)R$ 3.462,65 (franquia R$ 1.520)
MédiaR$ 3.400,77 (franquia R$ 1.323,77)R$ 3.583,18 (franquia R$ 1.506,70)

Mesmo custando um pouco mais, o Polo Highline supera o Argo Precision em custo-benefício por trazer mais equipamentos de série. Além disso, o Volkswagen é um pouco mais barato de manter e compensa o deslize do acabamento simplório com um conjunto mais acertado e eficiente, tanto que venceu o rival mais potente nas medições de consumo e desempenho. O Argo é, sim, um bom carro, mas deveria ter preço e equipamentos revistos diante de um concorrente como o Polo.

Teste Carsale-Mauá

 
VW Polo 1.0 TSI
Fiat Argo Precision 1.8 AT
Consumo cidade8,9 km/l (e)
12,2 km/l (g)
6,8 km/l (e)
9,6 km/l (g)
Consumo estrada13,4 km/l (e)
17,1 km/l (g)
12,5 km/l (e)
15,7 km/l (g)
0 a 60 km/h 4,34 segundos (e)
4,47 segundos (g)
4,88 segundos (e)
5,14 segundos (g)
0 a 100 km/h 10,02 segundos (e)
10,50 segundos (g)
11,36 segundos (e)
12,12 segundos (g)
0 a 120 km/h 13,94 segundos (e)
14,79 segundos (g)
15,60 segundos (e)
16,73 segundos (g)
Retomada 40 a 100 km/h7,61 segundos (e)
7,90 segundos (g)
8,72 segundos (e)
9,28 segundos (g)
Retomada 80 a 120 km/h 7,03 segundos (e)
7,43 segundos (g)
8,14 segundos (e)
8,81 segundos (g)
Aceleração em 400 metros17,05 segundos - 131,63 km/h (e)
17,35 segundos - 128,98 km/h (g)
17,80 segundos - 127,17 km/h (e)
18,20 segundos - 124,42 km/h
Aceleração em 1000 metros31,37 segundos - 167,06 km/h (e)
31,87 segundos - 163,36 km/h (g)
32,65 segundos - 160,30 km/h (e)
33,59 segundos - 156,02 km/h (g)
Frenagem 100 a 0 km/h51,4 metros50,4 metros

Ficha técnica

 
Polo Highline 1.0 TSI
Argo Precision 1.8 AT
CarroceriaMonobloco em aço, cinco portas, cinco lugaresMonobloco em aço, cinco portas, cinco lugares
MotorDianteiro, transversal, injeção direta, turbocompressor, duplo comando de válvulas no cabeçote variável na admissão e escape, acionado por correia dentada, a gasolina e/ou etanolDianteiro, transversal, injeção multiponto, comando simples de válvulas no cabeçote variável na admissão, acionado por corrente, a gasolina e/ou etanol
Número de cilindros3 em linha4 em linha
Número de válvulas12 (quatro por cilindro)16 (quatro por cilindro)
Taxa de compressão10,5:112,2:1
Cilindrada999 cm³1.747 cm³
Potência (gasolina/etanol)115/128 cv a 5.500 rpm135/139 cv a 5.750 rpm
Torque (gasolina/etanol)20,4 kgfm a 2.000 rpm18,8/19,3 kgfm a 3.750 rpm
TransmissãoAutomática de seis marchasAutomática de seis marchas
TraçãoDianteiraDianteira
DireçãoElétricaElétrica
Suspensão dianteiraIndependente McPhersonIndependente McPherson
Suspensão traseiraEixo de torçãoEixo de torção
Pneus e rodas195/55 R16, liga leve 16"185/60 R15, liga leve 15"
Freios dianteirosDiscos ventilados com ABS e EBDDiscos ventilados com ABS e EBD
Freios traseirosDiscos sólidos com ABS e EBDTambores com ABS e EBD
Tanque de combustível52 litros48 litros
Volume do porta-malas300 litros300 litros
Altura1,47 m1,50 m
Comprimento4,05 m4,00 m
Largura1,75 m1,72 m
Entre-eixos2,56 m2,52 m
Peso em ordem de marcha1.147 kg1.264 kg
Carga útil433 kg400 kg

Fotos: Guilherme Silva e Divulgação