A fabricante de veículos elétricos Tesla revelou na noite da última quinta-feira (16), na Califórnia (Estados Unidos), duas novidades que prometem revolucionar diferentes segmentos automobilísticos a partir de 2020. A primeira delas é a segunda geração do esportivo Roadster, enquanto a outra é o caminhão Semi, ambos totalmente movidos a eletricidade.

0 a 100 em menos de 2 segundos
O novo Roadster foi apresentado depois de inúmeras promessas de Elon Musk, o fundador da Tesla. O modelo previsto para estrear em 2020 será o mais rápido carro de produção em série do mundo, segundo Musk. O Roadster mantém a carroceria de duas portas com teto removível, porém, com um desenho bem mais atraente que o do antecessor. Diferentemente do que as fotos aparentam, o Roadster possui dois pequenos assentos na parte traseira.De acordo com a fabricante, o Roadster é movido por três motores elétricos, alimentados por baterias de 200 kWh de potência. Juntos, os propulsores geram absurdos 1.019 kgfm de torque. Com toda essa força disponível ao menor toque no pedal do acelerador, o esportivo atinge os 100 km/h em apenas 1,9 segundo e alcança os 160 km/h em meros 4,2 segundos. O esportivo tem velocidade máxima estimada na casa dos 400 km/h. Segundo Musk, a autonomia é de até 992 quilômetros com apenas uma carga.

Os interessados no esportivo elétrico deverão desembolsar a partir de US$ 200 mil (cerca de R$ 650 mil em conversão direta), pagando antecipadamente uma taxa de US$ 50 mil (R$ 163 mil) pela reserva. O modelo terá uma edição limitada para entusiastas da marca, o Roadster Founders Series, que custará US$ 250 mil (R$ 810.850).

Já o caminhão Semi, segundo Musk, antecipa o futuro do transporte rodoviário. O modelo é equipado com um motor elétrico em cada uma das quatro rodas traseiras (potência e torque não foram revelados), que permitem rebocar até 36 toneladas. A autonomia é de 800 quilômetros.

Totalmente carregado, o Semi acelera de 0 a 100 km/h em bons 20 segundos. A Tesla diz que sem implementos, o caminhão atinge essa velocidade em impressionantes 5 segundos.De acordo com Musk, o Semi tem custo operacional inferior ao de um caminhão movido a diesel. A marca dará aos clientes uma garantia de um milhão de milhas (cerca de 1,6 milhão de quilômetros), além de potentes carregadores de bateria que garantem uma autonomia de mais de 640 quilômetros em apenas 30 minutos. O preço estimado do Semi não foi revelado.

Fotos: Divulgação e Carscoops