Uma das atrações no estande da Toyota no Salão de Tóquio, o JPN Taxi foi desenvolvido para ser utilizado exclusivamente como táxi. Pensando nos Jogos Olímpicos que serão realizados na capital japonesa em 2020, a marca espera que o modelo seja o escolhido pelos taxistas do país nos próximos anos.

A carroceria de teto alto remete aos icônicos táxis pretos de Londres, na Inglaterra, mas é uma solução adotada para ampliar o espaço da cabine. A parte traseira tem assoalho plano e o acesso pode ser feito por ambos os lados, sendo que a porta do lado esquerdo tem abertura corrediça. O interior do táxi possui ar-condicionado independente com purificador de ar para o banco traseiro e cintos de segurança sinalizados com LED. O painel de instrumentos integra o taxímetro e o GPS em uma posição de fácil visualização dos passageiros.

O JPN Taxi é movido por um conjunto híbrido, que combina dois propulsores elétricos e um motor de 1.5 litro movido a gás liquefeito de petróleo – o uso do gás de cozinha em automóveis é permitido em alguns países.

Fotos: Newspress e Divulgação