Confirmando os rumores divulgados na imprensa europeia nos últimos meses, o alemão Stephan Winkelmann será o novo presidente da Bugatti em 2018. O executivo de 53 anos é o atual chefe da Audi Sport desde fevereiro de 2016, quando deixou o comando da Lamborghini após 11 anos.

Winkelmann substituirá o compatriota Wolfgang Dürheimer, que também é CEO da Bentley, mas decidiu se aposentar no final do ano após trabalhar em diversos cargos no Grupo Volkswagen nos últimos 18 anos. Em 2018, a marca britânica ficará sob o comando de Adrian Hallmark, atual diretor de estratégias globais da Jaguar Land Rover.“Eu aceito o desejo de Dürheimer se aposentar. Eu sinceramente o agradeço pelo trabalho excepcional em diversas posições no Grupo Volkswagen em mais de 18 anos. Na Bugatti ele completou com sucesso a era do Veyron com o desenvolvimento do Chiron, iniciando um novo e excitante capítulo na marca”, disse Matthias Müller, CEO do Grupo Volkswagen.

Além dos hiperesportivos da Bugatti, Dürheimer também foi o responsável pelo desenvolvimento dos Porsche Cayenne, Carrera GT, Panamera, duas gerações do 911 e do novo Bentley Continental GT.

O Grupo Volkswagen mostra otimismo com a chegada de Winkelmann à Bugatti, uma vez que o executivo “tem experiência nos segmentos de esportivos de luxo”, segundo Müller.

Fotos: Divulgação