A BMW do Brasil confirma a chegada do novo X3 para o primeiro semestre do ano que vem, mas preços e configurações não foram definidos. O modelo será importado dos Estados Unidos.

Além do design renovado, com linhas mais próximas dos atuais modelos, o utilitário recebeu novos motores e uma nova plataforma, a CLAR, com arquitetura modular, a mesma dos Série 5 e 7.

O SUV ficou 100 kg mais leve, ainda que tenha ganho alguns centímetros. Agora são 4,72 metros de comprimento contra 4,65 metros da geração anterior. O X3 ficou dois centímetros mais largo, chegando a 1,90 metro. O entre-eixos agora tem 2,86 metros, ou seja, cinco centímetros maior. A capacidade do porta-malas é de 550 litros.

O X3 conta com quadro de instrumentos configurável, central multimídia com tela de 10.2 polegadas sensível ao toque e head-up display. Entre os assistentes de condução, há auxiliar de manutenção na faixa e mudança de faixa, além do controle de distância do veículo da frente.

A versão de topo é o X3 M40i, com motor 3.0 biturbo de seis cilindros em linha com 360 cv e 51 kgfm de torque. O motor é associado a um câmbio automático de oito velocidades com tração integral. Nessa configuração, o modelo acelera até os 100 km/h em 4,9 segundos.

As outras versões são a xDrive20i com motor 2.0 de 184 cv e a xDrive30i, com o mesmo motor recalibrado para entregar 252 cv. Há ainda duas versões com motores seis cilindros a diesel, a xDrive20d de 190cv e a xDrive30d de 262cv.

Foto: Divulgação