A Fiat Chrysler Automobiles (FCA) decidiu apostar no bom-humor para divulgar na próxima sexta-feira (20) o nome do Argo sedã, que será lançado nos próximos meses. A empresa idealizou a Corrida Fiat, a ser disputada por seis Milles com escada no teto, para mobilizar o público e anunciar, ao final da competição, o nome do modelo que chegará para ampliar a renovação da gama de produtos da Fiat no Brasil.

Considerado o “carro mais rápido da internet”, o Mille com escada no teto tornou-se um meme e é parte do imaginário coletivo, pois já tem mais de 500 mil citações na rede e virou até game. Devido à sua robustez e versatilidade, o compacto ganhou a fama de indestrutível por ser bastante utilizado por empresas de eletricidade e telefonia. A equipe de Conteúdos e Criação da FCA materializou este meme, unindo a simpatia do modelo antigo a um novo tempo da marca.

“Estamos resgatando o bom-humor associado à marca e trazendo um ídolo do passado para anunciar um modelo que representa o processo de modernização da empresa e de sua linha de veículos”, explica João Batista Ciaco, diretor de Comunicação, Marketing e Sustentabilidade da FCA para a América Latina.

A iniciativa aponta para os consumidores e admiradores da marca, principalmente os fã-clubes espalhados por todo o país, que acompanham com grande interesse as notícias relativas à empresa e seus produtos, buscando sempre informações exclusivas. A Corrida Fiat será a oportunidade de mobilizar este público em torno do novo modelo.

A corrida será narrada pelo radialista Domênico Gatto, além de contar com a participação de um especialista da Fiat que comentará as características e inovações dos carros novos à medida que entram na pista.

Para iniciar a campanha, a Fiat preparou um teaser para as redes sociais e páginas que mais se identificam com a marca. O vídeo oficial da corrida será postado na próxima sexta-feira (20), quando será revelado o nome do Argo sedã. Os próximos capítulos dessa história poderão ser acompanhados pelos canais oficiais da marca nas redes sociais.

Foto: Divulgação