Apresentado ao mercado brasileiro há duas semanas, o novo Volkswagen Polo fabricado em São Bernardo do Campo (SP) será exportado em breve para outros países da América Latina. Na Argentina, o hatch estreará em janeiro com algumas diferenças em relação ao carro comercializado por aqui.

Inicialmente, o Polo desembarca no país vizinho apenas com a motorização 1.6 16V MSI de 110 cv de potência, movida apenas a gasolina, e câmbio manual de cinco marchas. Porém, diferentemente do carro vendido no Brasil, esse propulsor poderá ser combinado à transmissão automática Tiptronic de seis velocidades – configuração que poderia ocupar a lacuna entre a 1.6 manual (R$ 54.990) e a Comfortline 1.0 TSI automática (R$ 65.190).

Segundo o site Argentina Autoblog, a Volkswagen ainda estuda a possibilidade de vender o motor 1.0 TSI no mercado argentino, uma vez que os propulsores de baixa cilindrada não possuem os incentivos fiscais existentes no Brasil. A publicação também diz que a marca analisa a oferta de uma variante esportiva equipada com o motor 1.4 TSI de 150 cv do Golf.

O Polo será vendido na Argentina nas versões Comfortline (manual), Comfortline Plus (automática), Trendline (manual e automática) e Highline (manual e automática).

Foto: Divulgação