A Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica (CNH-e) começa a valer nesta terça-feira (10) em Goiás. Chamada popularmente de CNH digital, trata-se de um aplicativo para smartphone que permitirá ao motorista acessar a versão digitalizada do documento. A previsão é de que, até fevereiro próximo, a CNH-e esteja disponível em todo o Brasil.

O documento virtual poderá ser apresentado no lugar da carteira física, ou seja, os motoristas que estiverem cadastrados não precisarão mais carregar a versão impressa da carteira de habilitação. Vale ressaltar que a CNH-e será opcional e caberá ao condutor escolher se utilizará o aplicativo ou não. Confira no vídeo abaixo como será a CNH digital.

O aplicativo da CNH-e armazena todas as informações da carteira impressa, inclusive foto e QR Code (código escaneável), que garante autenticidade ao documento. Futuramente, o motorista também poderá conferir, pelo aplicativo, a pontuação de infrações cometidas, ser avisado quando a CNH estiver perto de vencer e saber sobre campanhas de trânsito.

Para solicitar a CNH-e, o motorista já deve ter uma habilitação impressa com QR Code e se cadastrar no portal de serviços do Denatran – Departamento Nacional de Trânsito. Se o condutor já tiver registro no Sistema de Notificação Eletrônica (SNE), não será necessário novo cadastro. A solicitação deve ser feita pelo portal com a mesma senha de cadastro do SNE.

Imagem: Divulgação