Com a produção no Brasil ameaçada por conta dos baixos números de vendas do segmento de hatches médios, o Volkswagen Golf também corre o risco de ser descontinuado no México, país de onde o modelo era importado antes de ser fabricado em São José dos Pinhais (PR). Segundo o site mexicano Al Volante, a produção do Golf em Puebla será encerrada em 2019 devido o novo posicionamento de modelos da marca.

A partir de 2020, o mercado norte-americano será abastecido com o Golf de oitava geração importado da Alemanha. A publicação diz ainda que a fabricação do hatch ficará concentrada em Wolfsburg para atender à pressão do sindicato de trabalhadores locais.

Como no Brasil, as vendas do Golf caíram consideravelmente no mercado mexicano nos últimos anos. O Al Volante destaca que a queda na qualidade de produção do modelo em relação ao carro feito na Alemanha tem sido um dos principais fatores.Outro carro que está prestes a ser descontinuado pela Volkswagen do México é o Beetle/Fusca. Embora a empresa não confirme a informação, a imprensa local já dá como certo o fim do modelo ainda em 2017 para liberar espaço na fábrica de Puebla à linha de produção da nova geração do SUV Tiguan. Este último será exportado a partir do ano que vem para vários países, incluindo o Brasil.

Inaugurada há 50 anos, a fábrica já produz a nova geração do sedã médio Jetta (será lançado no México no primeiro trimestre de 2018) e o novo Tiguan. Em breve a unidade começará a fabricar o SUV compacto T-Roc, também derivado da plataforma modular MQB.

Fotos: Divulgação