O Peugeot 3008 chegou causando boa impressão no Brasil. Com visual arrojado, preço competitivo e bom nível de equipamentos, o modelo promete ser a nova cara da marca no país. No entanto, nossos vizinhos argentinos têm ainda mais motivos para comemorar.

Enquanto o modelo chega por aqui em versão única, equipada apenas com o motor 1.6 turbo THP a gasolina de 165 cv de potência e 25,5 kgfm de torque, o crossover desembarca na Argentina também com a opção do 2.0 turbodiesel de 150 cv e 37,7 kgfm, ambos associados ao câmbio automático de seis marchas.

Construído sobre a nova plataforma modular da marca, o 3008 está 100 kg mais leve, mesmo com 8 cm a mais de distância entre-eixos. O porta-malas ganhou 20 litros, totalizando 520 litros. Por dentro, a maior mudança é o painel de instrumentos, batizado pela marca francesa de i-cockpit, com tela configurável de 12.3 polegadas, semelhante ao do Audi TT. Já a central multimídia inclui uma tela de oito polegadas sensível ao toque e compatível com as tecnologias Android Auto e Apple CarPlay.

Os preços partem de 828.800 pesos (R$ 149.450 em conversão simples) para a versão 1.6 THP e chegam a 1.035.000 pesos (R$ 186.820) com o motor 2.0 turbodiesel.