O novo Porsche 911 GT2 RS não é apenas o mais potente 911 já produzido, mas também é o novo recordista de tempo de volta em Nürburgring entre os carros com tração traseira ou com motor a combustão. O superesportivo alemão percorreu os 20,6 quilômetros do circuito completo em 6 minutos e 47,3 segundos, superando o protótipo Radical SR8LM (6:48), o Lamborghini Huracán Performante (6:52.01) e o irmão híbrido Porsche 918 Spyder (6:57). O recorde absoluto ainda pertence ao supercarro elétrico chinês NextEV Nio EP9 (6:45.90).

Pilotado pelo inglês Nick Tandy, o 911 GT2 RS percorreu o traçado de Nürburgring a uma velocidade média de 184,11 km/h.

“Durante o desenvolvimento do 911 GT2 RS, estabelecemos uma marca abaixo de 7 minutos e 5 segundos. O crédito deste recorde vai para os nossos engenheiros, mecânicos e pilotos, que demonstraram um forte desempenho em equipe”, disse Frank-Steffen Walliser, vice-presidente da divisão de competição da Porsche.

A versão mais potente já fabricada nos 54 anos de história do Porscge 911 é equipada com um motor de seis cilindros opostos (boxer) de 3.8 litros com dois turbos e escapamento de titânio, que entrega nada menos que 700 cv de potência e 76,5 kgfm de torque. O propulsor é associado ao câmbio PDK automatizado de dupla embreagem de sete velocidade.

Capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 2,8 segundos e atingir a velocidade máxima de 340 km/h, o superesportivo possui freios de composto de cerâmica para e peso aliviado (1.470kg) graças ao uso de capô de carbono e teto de magnésio.

Fotos: Divulgação