A segunda geração do Audi Q5 estreia no mercado brasileiro em setembro em versões equipadas com o motor de quatro cilindros 2.0 TFSI e novos itens de série, incluindo as tecnologias de condução semiautônoma entre os opcionais da configuração topo de linha Ambition. Para se beneficiar da isenção de taxas de importação, o SUV passa a ser importado do México. Em outubro a marca passa a vender sob encomenda a versão blindada de fábrica baseada na variante intermediária Ambiente (veja os preços abaixo).

Considerado o principal lançamento da Audi em 2017, o novo Q5 é a aposta para ganhar espaço no segmento premium, competindo contra BMW X4, Mercedes-Benz GLC, Jaguar F-Pace, Volvo XC60 e os Land Rover Discovery Sport e Evoque.

Olhando o Q5 por fora, as mudanças visuais são discretas em comparação com a geração anterior. A dianteira ganhou novos faróis e a grade tridimensional, enquanto o perfil do SUV está mais musculoso, com linhas discretamente inspiradas nas do superesportivo R8 e um vinco que percorre toda a lateral. Na traseira o que mais chama a atenção são as lanternas de LED.

Apesar da semelhança visual com o modelo antigo, o Q5 passa a ser construído sobre a nova plataforma modular MLB para veículos de motorização longitudinal do Grupo Volkswagen. A base é compartilhada com os sedãs A4, A5, Volkswagen Passat e Porsche Macan. Com a nova estrutura, o SUV está 3,4 centímetros mais comprido (4,66 metros), 0,5 cm mais largo (1,89 m), 0,4 cm mais alto (1,66 m), 1,2 cm maior na distância entre-eixos (2,82 m) e 10 litros mais espaçoso no porta-malas (550 litros). Apesar do ganho nas medidas, o uso de aços de alta resistência reduziu o peso total em 50 quilos (1.720 kg).Nesta geração, o Q5 passa a ser oferecido apenas com o motor a gasolina EA888 de quatro cilindros de 2.0 litros com turbo e injeções direta e indireta de combustível. O propulsor passou por melhorias que elevaram a potência de 225 cv para 252 cv e acrescentaram 2 kgfm de torque, totalizando 37,7 kgfm. O 3.0 V6 turbo de 252 cv e 40,8 kgfm deixa de ser oferecido.

Todas as versões são equipadas com o sistema de tração integral permanente quattro Ultra, que envia o torque para as quatro rodas de acordo com a demanda de aderência do momento. Segundo a Audi, o Q5 pode ficar com tração totalmente traseira se o sistema identificar essa necessidade.

A nova geração do Q5 incorpora as tecnologias de condução semiautônoma do sedã A5 e do Q7 turbodiesel, disponíveis no pacote Assistance Tour oferecido como opcional, trazendo controlador de cruzeiro adaptativo com ajuste de distância do veículo à frente e condução semiautônoma até 65 km/h, monitor de ponto cego e controle de direção para manter o veículo na faixa de trânsito.A Audi também oferece o pacote de segurança Side Assist com monitor e assistente de tráfego traseiro, além do Exit Warning Assist, que impede a abertura das portas dianteiras ao detectar a aproximação de um veículo.O Carsale rodou com a versão Ambition do novo Audi Q5 por cerca de 90 quilômetros por trajetos urbanos, vias expressas e estradinhas de terra batida na região oeste do Rio de Janeiro. O carro testado não possuía os opcionais, mas foi possível perceber que o SUV evoluiu principalmente em termos de rodagem e acerto de suspensão.

Mesmo não contando com a suspensão pneumática da versão blindada, o novo Q5 mostrou boa capacidade de aliar conforto em pisos irregulares com o bom controle de inclinação da carroceria em curvas. Apesar das grandes rodas de 20 polegadas e dos pneus de perfil baixo, o SUV tem rodar macio mesmo quando é necessário passar por trechos sem asfalto.Quando exigido, o Q5 mostra bom fôlego em acelerações e retomadas para um carro de mais de 1.700 kg graças a disponibilidade do torque máximo do motor entre 1.660 e 4.500 rpm. A rapidez das trocas de marchas do câmbio de dupla embreagem também contribui para o bom desempenho do SUV, que atinge os 100 km/h em 6,3 segundos e chega aos 237 km/h de velocidade final.

Como é de se esperar em um carro de sua categoria, o Q5 tem cabine bem acabada, com materiais de boa qualidade e montagem praticamente perfeita. Os bancos estão mais ergonômicos e confortáveis. Um ponto negativo a altura do túnel central por onde passa o eixo do diferencial da tração integral, que limita bastante o espaço para as pernas do passageiro que viaja no meio do banco traseiro.

Mais moderno e eficiente que a geração anterior, o novo Q5 tem qualidades para incomodar a concorrência, mas são as tecnologias de condução semiautônoma que dão alguma exclusividade ao SUV. Para levar um Q5 com esses recursos, o comprador terá de desembolsar pelo menos R$ 12.600 a mais.

Q5 Attraction (R$ 244.990): ar-condicionado automático; direção elétrica; bancos dianteiros com ajuste lombar; controlador e limitador de velocidade; faróis de xenônio com acendimento automático e lavador; sensor de chuva; freio de estacionamento elétrico; monitor de pressão dos pneus; rodas de 18 polegadas; Audi Drive Select com seis modos de condução (Offroad, Comfort, Efficiency, Dinamics, Auto e Individual); sensores de estacionamento dianteiro e traseiro; câmera de ré; central multimídia com sistema de áudio, Bluetooth e GPS; acabamento externo preto opaco; controles de estabilidade e tração.

Q5 Ambiente (R$ 274.990): acréscimo de ar-condicionado de três zonas; assistente de estacionamento; bancos dianteiros esportivos com regulagem elétrica e memória para o do motorista; chave presencial; painel de instrumentos digital Virtual Cockpit com tela de alta resolução de 12,3 polegadas; tampa do porta-malas com acionamento elétrico e acionamento por gestos sob o para-choque; teto solar panorâmico; rodas aro 19” e acabamento externo cromado.

Q5 Ambition (R$ 292.990): itens da Ambiente, mais acabamento externo preto brilhante; faróis full-LED com adaptação do automática do facho alto; lanternas de LED com indicação dinâmica; luzes internas ajustáveis e rodas de 20”. Opcionais: pacotes Assistance Tour (R$ 12.600) e Side Assist (R$ 6.500).

Q5 Ambiente blindado (R$ 354.990): itens da Ambiente, mais pneus runflat, suspensão a ar adaptativa, sistema de som premium Bang & Olufsen e blindagem Nível III A.

Além dessas versões, a Audi venderá a partir de novembro a configuração esportiva SQ5 equipada com motor 3.0 V6 turbo de 355 cv (ainda sem preço definido).

Ficha técnica

CarroceriaMonobloco em aço, cinco portas, cinco lugares
MotorDianteiro, longitudinal, injeções multiponto direta e indireta, turbocompressor, intercooler, duplo comando de válvulas variável na admissão e escape com acionamento por corrente, a gasolina
Número de cilindros4 em linha
Número de válvulas16
Taxa de compressão9,6:1
Cilindrada1.984 cm³
Potência252 cv entre 5.000 e 6.000 rpm
Torque37,7 kgfm entre 1.600 e 4.500 rpm
TransmissãoAutomatizada de dupla embreagem, sete marchas
TraçãoIntegral
DireçãoElétrica
Suspensão dianteiraIndependente braços sobrepostos
Suspensão traseiraIndependente multibraços
Pneus e rodas255/45 R20, liga leve de 20"
Freios dianteirosDiscos ventilados com ABS e EBD
Freios traseirosDiscos ventilados com ABS e EBD
Tanque de combustível70 litros
Volume do porta-malas550 litros
Altura1,66 m
Comprimento4,66 m
Largura1,89 m
Entre-eixos 2,82 m
Peso em ordem de marcha1.720 kg
Carga útil680 kg
0 a 100 km/h6,3 segundos
Velocidade máxima237 km/h

Viagem e teste-drive a convite da Audi
Fotos: Divulgação