O novo Honda Accord foi revelado nesta sexta-feira (14) em Detroit, nos Estados Unidos. Além do visual atualizado, a décima geração do sedã, que estreia no mercado norte-americano ainda em 2017, recebeu novas tecnologias e passa a ser equipado com o motor 1.5 turbo do Civic nas versões de entrada.

Por fora, o Accord exibe desenho semelhante ao do Civic. As lanternas adotam o formato de “C”, enquanto o caimento do teto forma e a traseira conferem uma silhueta de cupê. Na dianteira, os faróis mais estreitos são separados por uma barra cromada. Os vincos no capô e nas laterais deram ao sedã uma aparência mais musculosa e esportiva.

A cabine recebeu um painel com menos comandos e, seguindo uma tendência atual, a tela de 8 polegadas da central multimídia “flutuante” fica posicionada acima das saídas do ar-condicionado. De acordo com a Honda, o interior do Accord 2018 ganhou novos materiais e revestimentos, além de ter ficado ligeiramente mais espaçoso por conta do 5 centímetros entre-eixos maior (totalizando 2,82 metros).A fabricante oferecerá uma variedade de opcionais, incluindo bancos dianteiros com aquecimento, ventilação e telas de 6 polegadas nos encostos de cabeça, carregador sem fio para smartphones, entre outros itens.

A motorização disponível para as versões de entrada será a mesma de quatro cilindros 1.5 turbo a gasolina que equipa o Civic Touring vendido no Brasil. No Accord, a potência do propulsor salta dos 173 cv para 194 cv, enquanto o torque sobe de 22,3 kgfm para 26,5 kgfm. As transmissões disponíveis serão a manual de seis marchas ou automática tipo CVT (variação contínua).

As configurações mais caras serão movidas pelo 2.0 turbo de 255 cv e 37,6 kgfm, que substitui o 3.5 V6 de 280 cv e 34,6 kgfm. Essa motorização será oferecida com a caixa manual de seis velocidades na versão Sport ou a automática com conversor de torque de 10 marchas nas demais variantes.Mais perto do lançamento do Accord 2018 nos Estados Unidos, a Honda pretende revelar os dados da versão híbrida equipada com um 2.0 a gasolina de ciclo Atkinson e dois motores elétricos.

Segundo a Honda, a nova estrutura fabricada com aços de alta resistência reduziu o peso total do Accord 2018 em até 79,8 quilos em relação à geração anterior. As suspensões também foram revistas e agora o sedã utiliza um sistema multilink menor na traseira e amortecedores adaptativos nas quatro rodas.

Fotos: Divulgação