A Renault está desenvolvendo para o mercado brasileiro um inédito motor de três cilindros de 1.3 litro com turbo e injeção direta para o Brasil, segundo o siteAutos Segredos, do jornalista Marlos Ney Vidal. De acordo com a publicação, o propulsor denominado TCe terá cabeçote de 12 válvulas e será oferecido com transmissões manual e automática. A potência ficará na casa dos 170 cv.

O novo motor deverá substituir o veterano 2.0 16V aspirado, podendo equipar o Captur, a Duster Oroch e nova geração do Duster, que estreia no ano que vem. O Autos Segredos ainda destaca a possibilidade de a Aliança Renault-Nissan utilizar o 1.3 turbo no Kicks.

A previsão de estreia do novo motor é para meados de 2019.