O novo Audi A5 Sportback chega às concessionárias nesta segunda-feira (3) nas versões Attraction (R$ 189.990), Ambiente (R$ 213.990), Ambition (R$ 239.990) e Ambition Plus (R$ 268.990), totalmente renovado e com a possibilidade de ser equipado com um sistema de condução autônoma, que dirige o carro automaticamente no trânsito urbano.

Em termos gerais, o novo A5 Sportback ficou 21 milímetros mais longo e a distância entre-eixos aumentou 14 mm. Apesar de ser 5 mm mais baixo e 11 mm mais estreito que o modelo anterior, a nova cabine é 17 mm mais ampla. O espaço para os joelhos dos passageiros do banco traseiro cresceu 24 mm. A capacidade do porta malas é de 480 litros, podendo chegar a 1.300 litros com o rebatimento total dos bancos traseiros. Além de espaço, o interior ganhou um novo painel, console central, bancos e forrações de portas.

 

A configuração de entrada é equipada com ar-condicionado digital, bancos de couro com ajustes elétricos, modos de direção, retrovisor eletrocrômico, faróis com acendimento automático, sensor de chuva, seis airbags, rodas de 17 polegadas, chave presencial e partida do motor por botão.

Na versão Ambiente há o acréscimo do painel digital Virtual Cockpit, bancos dianteiros esportivos, central multimídia com navegador GPS e rodas de 18 polegadas. Nas duas configurações, a transmissão automatizada S-Tronic de dupla embreagem e sete marchas envia a força do motor 2.0 turbo de 190 cv de potência às rodas dianteiras.

A versão Ambition traz o mesmo pacote de equipamentos da Ambiente, mas com o motor recalibrado para entregar 252 cv e o sistema de tração integral Quattro. Já a variante topo de linha Ambition Plus adiciona ar-condicionado de três zonas de resfriamento, retrovisores com rebatimento elétrico, teto solar panorâmico, faróis full LED e sensores de estacionamento dianteiros e traseiros com câmera de ré.

Opcionalmente, a Audi oferece alguns pacotes de assistência de direção como o Active Lane, que utiliza sensores para manter o veículo em sua faixa de rodagem, além do Traffic Jam Assist, que dirige o A5 Sportback de maneira autônoma até os 65 km/h em congestionamentos. Os pacotes também oferecem alerta de saída de estacionamento, alerta de saída do veículo para evitar colisões com ciclistas, medidas para evitar colisões e, em caso inevitável, ações para minimizar os impactos.

Tecnologia embarcada no motor

No caso das versões configuradas com 190 cv, a média de consumo, segundo o Inmetro, é de 11 km/l na cidade e 13,4 km/l na estrada, garantindo nota A no ranking da entidade. Com isso, se o novo programa de incentivo pretendido pelas marcas a partir do próximo ano realmente entrar em vigor, o A5 Sportback poderia pagar menos imposto, uma vez que é um dos mais eficientes de sua categoria.

Essas médias só são possíveis graças à tecnologia do motor. O propulsor usa a combinação de dois ciclos de funcionamento, o Atkinson (que faz com que o curso de expansão da combustão seja maior do que o da compressão, aproveitando melhor a queima, comum em carros híbridos) e o Miller (em que as válvulas de admissão ficam abertas por mais tempo, evitando que o motor faça tanta força para comprimir a mistura, ou seja, a fase de expansão é mais prolongada que a fase de compressão).

Na prática, o A5 Sportback se beneficia do ciclo Atkinson na cidade, entregando “apenas” 140 cv e 25 kgfm de torque, mas ao pisar mais firme no acelerador, o comando de válvulas age em meia volta do virabrequim, mudando para o ciclo Miller e revelando toda a potência do motor 2.0 TFSI.

Nas versões com 252 cv, o ciclo de combustão é o tradicional Otto, desse modo, o consumo é consideravelmente maior, marcando 9,3 km/l na cidade e 11,9 km/l e ficando com nota B na classificação geral.

Como anda

Durante o lançamento, tivemos contato apenas com a versão topo de linha, Ambition Plus. O sedã tem acelerações consistentes, oferecendo ótimo desempenho na cidade e ainda mais em rodovias. A suspensão é bem calibrada, garantindo estabilidade e boa dose de conforto, apesar da pegada mais esportiva. Esse acerto mais firme, no entanto, compromete o rodar do sedã ao passar sobre buracos e imperfeições do asfalto. A direção elétrica, leve em manobras e firme em velocidades mais altas, agrada pela precisão. O volante de boa pegada também favorece uma tocada mais agressiva. Os bancos esportivos da versão mais cara seguram bem o corpo nas curvas e mudanças de direção mais rápidas.

Mas o grande destaque do novo A5 Sportback é o sistema Traffic Jam Assist. O opcional garante direção autônoma na cidade em velocidades de até 65 km/h, o que só é possível se houver trânsito lento adiante, pois a leitura feita pelos radares instalados no para-choque (no lugar das luzes de neblina), câmera de alta resolução (instalada acima do retrovisor central) e sensores de estacionamento seguem os movimentos do carro da frente, realizando até mesmo leves desvios. Mas, para isso, é necessário reduzir a distância entre os veículos

Fotos: Divulgação