A Peugeot apresentou nesta terça-feira (20) a segunda geração do 3008. A novidade chegará ao Brasil em configuração única, equipada com o motor 1.6 THP de 165 cv de potência e 24,5 kgfm de torque com câmbio automático de seis marchas. O preço sugerido é de R$ 135.990.

Entre os itens de série estão o ar-condicionado digital de duas zonas; lanternas e faróis de LED; bancos de couro; direção, vidros e retrovisores elétricos; sensores de chuva e crepuscular; seis airbags; controle eletrônico de tração e estabilidade; sensor de estacionamento dianteiro e traseiro; chave presencial e partida por botão. Há ainda cinco modos de ajustes elétricos e massagem para os bancos dianteiros e carregamento por indução para smartphones (basta apoiar o aparelho no local indicado).

Construído sobre a nova plataforma modular da marca, o 3008 está 100 kg mais leve, mesmo com 8 cm a mais de distância entre-eixos. O porta-malas ganhou 20 litros, totalizando 520 litros. Por dentro, a maior mudança é o painel de instrumentos, batizado pela marca francesa de i-cockpit, com tela configurável de 12.3 polegadas, semelhante ao do Audi TT. Já a central multimídia inclui uma tela de oito polegadas sensível ao toque e compatível com as tecnologias Android Auto e Apple CarPlay.

Como anda o novo 3008

Ao volante a nova geração do 3008 equipada com o motor 1.6 THP de 165 cv e 24,5 kgfm de torque, abastecido apenas com gasolina, em conjunto com o câmbio automático de seis marchas mostra que dá conta de empurrar os 1.567 kg, sem deixar faltar fôlego em nenhuma situação.

A suspensão não é tão rígida como em outros modelos da Peugeot que seguem uma linha mais esportiva. No entanto, o conjunto transmite excelente estabilidade, mesmo em curvas velocidades mais rápidas.

Outro ponto positivo do modelo é o sistema de direção elétrica. Precisa e direta, a direção deixa o carro na mão, com ótima sensação para os mais entusiastas, ainda que se trate de um SUV.

Por dentro o 3008 também agrada. O espaço é excelente para todos os ocupantes e também para as malas.O acabamento, como de praxe na marca, é feito com soft touch, tornando o contato com o painel mais agradável.

Já o conhecido conceito i-cockpit sofreu algumas alterações e o volante passa a ter a base e o topo achatados. Os botões do volante estão bem localizados, com exceção dos comandos do piloto automático, que continuam no esquema “satélite”, junto à coluna de direção. O painel central, composto pela central multimídia, possui botões que remetem à aviação. Eles são intuitivos e fáceis de usar.

Fabricado na França, o 3008 é a aposta da Peugeot para marcar presença no segmento de utilitários esportivos médios, atualmente liderado pelo Jeep Compass, que parte de R$ 103.490 e até o fechamento de maio somou 18.184 unidades emplacadas. No entanto, a Peugeot não esconde que a expectativa de vendas da nova geração do modelo é (muito) mais modesta, apenas 250 unidades/mês.

Fotos: Divulgação