A Volkswagen continua promovendo a chegada da Amarok V6 turbodiesel na América do Sul. Desta vez, o país escolhido foi o Paraguai. Para comprovar a força da picape, a fabricante resolveu colocá-la para rebocar um Boeing 747 de 180 toneladas que está parado há dez anos no aeroporto de Ciudad del Leste por conta de pendências com a Justiça paraguaia.

Prevista para chegar ao Brasil no segundo semestre, a Amarok V6 já esgotou na Argentinao lote de 400 unidades colocado à venda no início do ano. As primeiras unidades começam a ser entregues aos compradores partir do próximo mês.

Confira no vídeo abaixo:

Sempre associado ao câmbio automático de oito marchas, o motor herdado do SUV Touareg gera 224 cv de potência e 56,1 kgfm de torque a 1.500 rpm. Segundo a Volkswagen, a picape chega aos 100 km/h em 7,9 segundos e pode atingir os 193 km/h de velocidade máxima.

Como nas versões equipadas com o motor 2.0 turbodiesel de quatro cilindros, a Amarok V6 é dotada do sistema 4Motion de tração integral permanente, com bloqueio do 4×4 a velocidades abaixo dos 50 km/h – a caixa de redução é exclusiva das configurações com câmbio manual de seis velocidades.

A Amarok V6 traz de série as rodas de 19 polegadas, central multimídia Discovery Media, quatro airbags, controles de estabilidade e tração, ABS Off-road, ISOFIX, bancos revestidos de couro Nappa, painel de instrumentos com tela multifuncional 3D, entre outros itens.