O Renault Kwid será lançado na América do Sul durante o Salão de Buenos Aires, na Argentina, na semana que vem, mas as primeiras unidades do compacto já começam a ser distribuídas às concessionárias brasileiras, segundo fotos postadas no grupo do Facebook Duster Clube do Brasil. As imagens mostram dois Kwid sendo transportados em um caminhão-cegonha com algumas unidades do Duster, em São Paulo. O lançamento no mercado brasileiro está previsto para julho.

De acordo com o site Autos Segredos, do jornalista Marlos Ney Vidal, o Renault Kwid chegará às concessionárias custando a partir de R$ 34.990 na versão completa.

O Kwid será fabricado em São José dos Pinhais (PR) para ocupar o lugar do antigo Clio como carro de entrada da Renault na América do Sul. Devido a grande aceitação dos utilitários esportivos nos últimos anos, o modelo será posicionado como uma espécie de SUV subcompacto por conta do seu visual e da altura em relação ao solo acima da média.

O compacto será equipado com o novo motor 1.0 SCe flex, o mesmo das versões de entrada do Sandero e Logan, que gera até 82 cv de potência e 10,5 kgfm de torque com etanol. O câmbio manual será de cinco marchas, mas a Renault oferecerá a transmissão automatizada Easy-R de cinco velocidades em algumas configurações.

O propulsor 1.0 SCe substituirá o pequeno bloco tricilíndrico de 0.8 litro de 54 cv da versão indiana do compacto por ser considerado fraco para mover o Kwid brasileiro, que será 20% mais pesado por conta dos reforços estruturais em aços de alta resistência, entre outros componentes de segurança. O modelo nacional será equipado de série com os obrigatórios airbags frontais e freios com ABS, além de bolsas infláveis laterais e ganchos Isofix para a ancoragem de cadeirinhas infantis no banco traseiro.

Agradecimentos ao leitor Gustavo Leite, que nos enviou as imagens
Fotos: Glauco Paiva (Duster Clube do Brasil), Divulgação e Reprodução site Renault