O segmento de utilitários esportivos continua a todo vapor no Brasil. Esse mercado já é responsável por 21,42% do total de automóveis e comerciais leves do País, o que representa mais de 112 mil unidades vendidas até abril deste ano.

E quem mais contribui para esse sucesso é o time de SUVs compactos, onde o Honda HR-V figura como o mais vendido, seguido do Jeep Renegade. Já os novatos Hyundai Creta e Nissan Kicks, que ocupam consecutivamente a terceira e quarta posição desse ranking, também mostram potencial.

Como os SUVs compactos são a bola da vez, é natural que as marcas queiram ter representantes nessa categoria, que foi inaugurada pelo Ford EcoSport em 2003. E por falar no Eco, ele é uma das novidades com estreia marcada para os próximos meses.

A Ford já preparou uma atualização do EcoSport para o mercado brasileiro. Apresentado no início deste ano no Salão do Automóvel de Detroit (EUA), o Eco 2018 tem como objetivo voltar a disputar espaço entre os mais vendidos da categoria.

Além do visual inspirado no crossover Edge, o SUVinho passa a contar melhorias no interior e em conectividade. Os principais destaques são a central multimídia Sync (que pode ser conectada a smartphones por meio dos sistemas Apple Car Play e Android Auto) e o inédito inédito motor 1.5 Dragon de três cilindros 137 cv e 16,1 kgfm – substituto do conhecido 1.6 16V Sigma. Acredita-se ainda que a marca do oval azul trocará o câmbio Powershift por uma transmissão automática de seis marchas.

+ Confira as 6 coisas que já sabemos sobre o Ecosport 2018

Sem pretensão de desbancar os SUVs compactos mais vendidos, a Chery prepara a estreia do novo Tiggopara fortalecer a marca no Brasil. Lançado por aqui em 2013, o Chery Tiggo recebeu no ano seguinte um equipamento que, até então, o tornaria único no Brasil: o câmbio automático.

Primeiro SUV do País equipado com esse tipo de transmissão, o SUV passará a se chamar Tiggo 2 e terá o visual repaginado. O utilitário chinês será produzido na fábrica da Chery em Jacareí, onde já são feitos New QQ e Celer.

Outro chinês que fará a sua estreia no segundo semestre é o JAC T40. Criado para ser o SUV de entrada da marca, o novato também marcará presença entre os aventureiros, como VW CrossFox e Hyundai HB20X. A JAC já revelou que o T40 será equipado com o mesmo conjunto mecânico do T5: motor flex 1.5 de 137 cv com etanol e câmbio manual de seis velocidades.

Já a Peugeot pretende ganhar espaço com a estreia do 2008 com câmbio automático de seis marchas. Atualmente o modelo é oferecido com transmissão automática de apenas quatro velocidades. Além disso, o SUV trará visual renovado, seguindo o padrão do 2008 vendido no mercado europeu.

Fotos: Divulgação