Carro mais vendido no Brasil há dois anos, o Chevrolet Onix enfrentou a segunda etapa de testes do Programa de Avaliação de Carros Novos para América Latina e o Caribe (Latin NCAP) e apresentou resultado decepcionante.

O hatch foi submetido ao teste de impacto lateral e recebeu zero estrela na proteção do ocupante adulto e três estrelas em relação à proteção do ocupante infantil. Realizado sob novo protocolo desde 2016, o teste de impacto lateral é feito a 50 km/h.

De acordo com o Latin NCAP, o teste de impacto lateral mostrou uma compressão alta no peito do passageiro adulto. Além disso, os resultados revelam que o hatch não passaria os requerimentos básicos da regulação para impacto lateral das Nações Unidas (UN95). Já a proteção para o passageiro infantil no impacto foi recebeu três estrelas. No entanto o hatch peca por oferecer cinto de segurança de apenas dois pontos na posição central traseira. Vale ressaltar ainda que a porta traseira direita se abriu durante o teste.

O último teste feito com o Onix pelo Latin NCAP aconteceu em 2014, ainda sob o antigo protocolo. Na ocasião, o hatch foi submetido à prova de impacto frontal e recebeu 3 estrelas para proteção de adultos e duas em ralação ao ocupante criança.

Foto/Vídeo: Divulgação