No meio da guerra de muscle cars, em que a batalha mais recente foi entre o Dodge Challenger SRT Demon e o Hennessey Camaro ZL1 The Exorcist, um modelo com especificações interessantes acabou passando despercebido. Trata-se de um Pontiac Trans Am. É verdade que a Chevrolet matou a Pontiac há sete anos, porém, os fãs da marca criaram a preparadora TransAm Depot e agora trouxeram o modelo à vida utilizando um Camaro de sexta geração.

A preparadora trabalha restaurando Trans Am antigos, porém, já havia criado uma versão moderna do clássico em cima da geração anterior do Camaro. No entanto, o trabalho em cima da sexta geração foi ainda melhor. Se na quinta geração o “Pontiac” tinha 840 cv, o novo passa a ter 1.013 cv e 141 kgfm de torque. Além disso, o motor foi refeito para chegar aos 7.4 litros contra 6.2 litros do Camaro ZL1 original. Há ainda um supercharger de 2.3 litros e um sistema de exaustão refeito.

O visual se inspira no Pontiac Trans Am mais icônico, criado em 1977, portanto, comemorando 40 anos. Para isso, os faróis e lanternas foram modificados, assim como um kit aerodinâmico foi instalado. Na dianteira, o capô recebe a tradicional fênix, além do símbolo da Pontiac. Serão vendidas apenas 50 unidades, portanto, mais exclusivo que o Exorcista.