Em janeiro de 2016, o CEO da Jeep, Mike Manley, afirmou que iria mandar colocar o motor 6.2 V8 Supercharged do Dodge Challenger Hellcat no Grand Cherokee para criar uma versão ainda mais nervosa do jipão. O que parecia ser um plano mirabolante do executivo acaba de se tornar realidade, pois a Jeep apresentará nos próximos dias, no Salão de Nova York, o Grand Cherokee Trackhawk, o SUV de produção em série mais potente do mundo.

A variante extrema do SUV leva sob o capô o motorzão sobrealimentado com compressor mecânico, que gera insanos 717 cv de potência e 89,2 kgfm de torque. Segundo a Jeep, o Grand Cherokee Trackhawk leva 3,5 segundos para chegar aos 100 km/h e atinge os 289 km/h de velocidade máxima. O câmbio é automático de oito marchas.

A versãotraz rodas de 20 polegadas com opção por alumínio forjado, assistente de largada rápida e modo Track (pista) no seletor de programas de condução, comandado pela central multimídia.

Fotos: Divulgação