Se a Dodge está prestes a lançar uma versão “demoníaca” do Challenger desenvolvida para as pistas, a preparadora americana Hennessey apresentou a arma para combater o SRT Demon. Trata-se de uma versão preparada do novo Chevrolet Camaro ZL1 batizada de The Exorcist (O Exorcista, traduzindo do inglês para o português)

Equipado com um motor V8 de 6.2 litros sobrealimentado com compressor, que gera 649 cv de potência e 88,5 kgfm de torque, além de suspensão com ajuste magnético, entre outros recursos dinâmicos, o novo Camaro ZL1 é considerado pela própria Chevrolet o seu ápice em carros esportivos.

Mas o pessoal da Hennessey discorda. Para provar que o muscle car pode entregar muito mais, os preparadores fizeram uma série de modificações no V8 Supercharged do Camaro, como aumentar o fluxo de ar compressor e do intercooler (resfriador de ar) gerar até 14 psi de pressão para dentro do motor. Além disso, há mudanças nos cabeçotes, nos cilindros, no virabrequim e nos coletores.

Toda essa preparação elevou a potência e torque do modelo para colossais 1.013 cv e 133,5 kgfm, respectivamente. A cavalaria pode ser gerenciada por um câmbio manual de seis ou automático de dez velocidades – a tração é traseira. De acordo com a Hennessey, o Camaro The Exorcist acelera atinge os 100 km/h em apenas três segundos.

Por se tratar de um modelo de produção limitada, o The Exorcist terá apenas 100 unidades fabricadas por ano, ao preço de US$ 55 mil cada preparação (cerca de R$ 172 mil em conversão direta) – sem contar o preço do carro, que parte de US$ 61.140 (R$ 190.600). Quem preferir a versão automática ainda terá de pagar US$ 9.950 (R$ 31 mil) adicionais para reforçar a transmissão.

Ainda há dois pacotes adicionais. O primeiro adiciona rodas de 20 polegadas com pneus Michelin Pilot Sport Cup 2 por US$ 6.995 (R$ 21.800). A segunda opção é o Drag Pack por US$ 8.995 (R$ 28 mil), que troca os pneus traseiros para unidades especiais para arrancadas e outras modificações para suportar as corridas.

Fotos: Divulgação