Segundo o relatório divulgado pela consultoria automotivaFocus2move, no começo do mês, foram comercializadas 5.742.000 picapes em todo o mundo em 2016. Apesar da queda nas vendas em mercados importantes, como países da África, Ásia e Oriente Médio, além do Brasil, o volume de vendas foi apenas 0,1% inferior ao de 2015.

A liderança do mercado ficou com os modelos Ford F-Series, que dominam o mercado norte-americano há 35 anos. Em 2016, essa linha de picapes da Ford atingiu um novo recorde ao vender mais de 990 mil unidades (aumento de 7,2% em relação a 2015).

A segunda posição ficou com a Chevrolet Silverado (640.237 unidades), mesmo com uma queda de 4,6% nos países América do Norte, seguida pelos modelos da RAM (578.021 unidades).

Líder de vendas entre as picapes médias no Brasil, a Toyota Hilux ficou com a quarta posição no mercado global (524.580 unidades).

Entre outros modelos também vendidos no Brasil, a Nissan Frontier foi a 11ª picape mais vendida no mundo em 2016 (121.320 unidades), ficando à frente da Mitsubishi L200 (13ª colocada com 74.890 exemplares vendidos), Volkswagen Amarok (17ª posição com 67.685 unidades), Mitsubishi L200 Triton (18ª colocação com 56.692 unidades) e Chevrolet S10 (21º lugar com 47.890 unidades).

Intermediárias e pequenas –A estreante Fiat Toro foi a 22ª colocada no ranking geral com 46.033 unidades vendidas, enquanto a Renault Duster Oroch ficou na 36ª posição (25.979 unidades). Com 68.062 emplacamentos, a Fiat Strada foi a 16ª picape mais vendida no mundo no ano passado, contabilizando todos os segmentos. A Volkswagen Saveiro ficou na 20ª posição (49.206 unidades). A Chevrolet Montana foi a 50ª colocada com 15.309 unidades vendidas.

Fotos: Divulgação