A Ford revelou a nova geração do Fiesta ST, que será apresentado oficialmente no Salão de Genebra, em março. A principal novidade do hot hatch é novo motor de três cilindros 1.5 EcoBoost , que entrega 200 cv de potência e 29,5 kgfm de torque.

De acordo com a Ford, o novo Fiesta ST acelera de 0 a 100 km/h em 6,7 segundos (0,2 segundo mais rápido que o modelo anterior). A velocidade máxima não foi informada.

Dotado de turbocompressor e injeção direta de combustível, o motor do Fiesta ST é o primeiro três “canecos” a possuir o sistema de desativação de cilindros. Geralmente presente em propulsores V8, a tecnologia faz o propulsor funcionar com apenas dois cilindros para reduzir o consumo de gasolina e as emissões. O terceiro cilindro volta a funcionar quando é detectada a necessidade de mais potência. O sistema entra em ação em apenas 14 milissegundos, ou 20 vezes mais rápido que um piscar de olhos.

Para reforçar o caráter esportivo, o novo Fiesta ST é equipado com três modos de condução (Normal, Esportivo e Pista), que configura os parâmetros do motor, direção e dos controles de estabilidade e tração de acordo com o uso do carro no momento.

As assistências eletrônicas ainda possuem três modos, que podem ser escolhidos pelo motorista, que variam da intervenção total em caso de perda de estabilidade, outro mais permissivo até o desligamento total dos controles de segurança.

Além do visual mais agressivo que o das versões convencionais, o Fiesta ST terá para-choques exclusivos, aerofólio no teto e rodas de 18 polegadas. O interior é personalizado com acabamento alusivo à versão e bancos esportivos Recaro, central multimídia SYNC 3 com tela de 8 polegadas, comandos por voz, GPS, compatibilidade com as conexões Apple CarPlay e Android Auto e sistema de som premium Bang & Olufsen.

O hatch será vendido no mercado europeu no começo de 2018 nas carrocerias de três e cinco portas. Os preços serão revelados com a proximidade do lançamento.

Fotos: Divulgação