Um dos principais lançamentos de 2017 no Brasil, o Fiat X6H (nome do projeto) tem sido flagrado em testes finais pelo país, mas o seu visual definitivo ainda é um mistério, pois os protótipos só saem da fábrica de Betim (MG) disfarçados sob camuflagem pesada. Provavelmente baseado nas fotos dos flagras e nas informações divulgadas pela imprensa brasileira, o site italiano Trazione Posteriore publicou uma projeção do modelo, passando uma boa noção de como será o novo hatch da Fiat. A publicação ainda diz que o X6H poderá ser vendido na Europa como uma opção mais em conta ao recém-lançado Tipo.

Previsto para estrear no mercado brasileiro ainda no primeiro semestre deste ano, o X6H substituirá Palio e Punto de uma só vez na gama da Fiat. O modelo será construído sobre uma versão “tropicalizada” da plataforma do novo Tipo vendido na Europa. A estrutura será feita de aços de alta resistência, que permitem aumentar a resistência e reduzir o peso do carro.

Segundo o site Autos Segredos, do jornalista Marlos Ney Vidal, as primeiras unidades do X6H começam a ser produzidas em março para serem utilizadas no treinamento da rede de concessionárias, em abril.

Interior do X6H vai compartilhar diversos componentes com a picape Toro e o Jeep Renegade. Foto: Ferd

Interior do X6H vai compartilhar diversos componentes com a picape Toro e o Jeep Renegade. Foto: Ferd

Os motores cogitados para o X6H são os novos FireFly 1.0 de três cilindros de 77 cv e 1.3 de quatro cilindros de 109 cv (números com etanol), que equipam os compactos Mobi Drive e Uno, nas versões de entrada. O propulsor maior terá a opção do câmbio automatizado Dualogic.

Já as configurações mais caras do X6H serão movidas pelo 1.8 E.torQ EVO (o mesmo da Toro e do Jeep Renegade 2017), que rende até 139 cv de potência quando abastecido com etanol. Com as melhorias promovidas no ano passado, o motor deixa de exigir o tanquinho de gasolina para partida a frio e passa a contar com sistema Start-Stop (desliga e religa o motor em paradas breves para economizar combustível). É provável que o bloco de 1.8 litro também seja oferecido com a transmissão Dualogic como opcional.

Mas a novidade da Fiat não para por aí. O X6H dará origem a um sedã (chamado de X6S) que será fabricado na Argentina para substituir o Grand Siena e o Linea.

Projeção: Trazione Posteriore
Fotos: Brasil Motorsport / Bruno Baracat / Ferd