A principal atração da Kia no Salão de Detroit chega com credenciais para rivalizar com os sedãs das tradicionais marcas alemãs, como BMW e Mercedes-Benz. Baseado no conceito GT de 2011, o Stinger é o mais novo sedã de tração traseira da marca sul-coreana.

Desenvolvido na Coreia do Sul, e aprimorado em testes na Alemanha, o Stinger terá duas motorizações: um quatro-cilindros 2.0 turbo de 258 cv de potência e 35,9 kgfm de torque e o 3.3 V6 biturbo, que gera 370 cv e 50,4 kgfm, herdado do Hyundai Genesis G90. Com o propulsor mais potente, o sedã atinge os 100 km/h em 5,1 segundos. A transmissão é sempre automática de oito marchas.

Medindo 4,83 metros de comprimento por 1,87 m de largura e 2,91 m de distância entre-eixos, o Stinger ficará posicionado acima do Cadenza. Dotado de suspensão com ajuste eletrônico e cinco modos de condução, o novo sedã da Kia será vendido nos Estados Unidos e Europa apostando no apelo esportivo para tentar desbancar os concorrentes alemães.

Fotos: Larissa Florencio e Divulgação