Uma das atrações do Salão de Detroit, o Ford EcoSport reestilizado será lançado no Brasil no primeiro semestre deste ano com visual inspirado no crossover Edge e novidades de conteúdo e motorização. Se nos Estados Unidos e Europa o SUV compacto deixou de ter o estepe pendurado na tampa traseira, um flagra feito pelo jornalista Renato Maia, do canal Falando de Carro, confirma que o jipinho manterá a sua marca registrada no mercado brasileiro.

Um protótipo do novo EcoSport foi flagrado na Rodovia Castelo Branco, nas proximidades do Campo de Provas da Ford, em Tatuí (SP), ostentando o polêmico acessório.

Para os norte-americanos, o EcoSport estará disponível com o premiado motor EcoBoost 1.0 turbo de três cilindros de 125 cv e o Duratec 2.0 aspirado de 145 cv. Por lá, o EcoSport troca a transmissão automatizada de dupla embreagem PowerShift por uma caixa automática convencional de seis marchas. A motorização mais potente é dotada de tração integral.

No Brasil, o EcoSport estreará o inédito 1.5 de três cilindros da família Dragon, que substitui o Sigma 1.6. O 2.0 Duratec será mantido nas versões mais caras, porém, na configuração com injeção direta de 178 cv que equipa o Focus. A transmissão PowerShift continuará a ser oferecida no mercado brasileiro.

Fotos: Falando de Carro e Larissa Florencio